Lei municipal veda comerciantes chineses no Centro Comercial Popular de Feira de Santana

Marcos Lima: apresentou a Lei Municipal nº 3774 de novembro de 2017 que destina os espaços comerciais do Shopping Popular, exclusivamente, a brasileiros natos ou naturalizados devidamente cadastrados junto a Secretaria Municipal de Trabalho.

Marcos Lima: apresentou a Lei Municipal nº 3774 de novembro de 2017 que destina os espaços comerciais do Shopping Popular, exclusivamente, a brasileiros natos ou naturalizados devidamente cadastrados junto a Secretaria Municipal de Trabalho.

O líder do governo na Câmara Municipal, vereador Marcos Lima (PRP), durante sessão ordinária nesta quarta-feira (13/03/2019), refutou a possibilidade de comerciantes chineses possuírem lojas no Centro Comercial Popular de Feira de Santana – Shopping Popular.

Ele apresentou a Lei Municipal nº 3774 de novembro de 2017 que destina os espaços comerciais (boxes) do Shopping Popular, exclusivamente, a brasileiros natos ou naturalizados devidamente cadastrados junto a Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico. A lei também veda a transferência dos espaços comerciais, em favor de terceiros, que não sejam brasileiros natos ou naturalizados.

Marcos Lima observou que projeto de lei do Executivo, que deu origem a lei, foi aprovado por unanimidade na Casa da Cidadania. Ele finalizou o pronunciamento falando da entrega do projeto Municipal de Mobilidade Urbana Sustentável, no auditório do SESI, agora pela manhã.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]