Vereadores criticam falta de aula na Rede Municipal de Feira de Santana

Marcos Lima: com certeza, na gestão do prefeito Colbert Martins Filho virão outras escolas e creches para Feira de Santana.

Marcos Lima: com certeza, na gestão do prefeito Colbert Martins Filho virão outras escolas e creches para Feira de Santana.

Marcos Lima explica atraso na merenda escolar

Reforçando o discurso do colega Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM), o vereador Marcos Lima (PRP) usou o seu tempo na tribuna na sessão ordinária desta terça-feira (12/02/2019) para informar que medidas estão sendo tomadas pela Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) visando reduzir as carências das escolas no momento. A merenda escolar será normalizada com a conclusão da licitação na área da agricultura familiar.

“As merendas já estão passando pelos testes de qualidade na Secretaria de Educação. A Prefeitura tem uma parceria com os agricultores dos distritos. Eles fornecem frutas e legumes para a alimentação dos alunos. Queremos que tudo aconteça de forma adequada. Até quinta-feira a situação das merendas será regularizada”, finalizou.

“A rede municipal de educação continuará funcionando bem”, esclarece Luiz Augusto

. O vereador e líder governista Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) saiu em defesa do governo e explicou que a Secretaria Municipal de Educação está trabalhando, junto ao Departamento de Licitações e Compras da Prefeitura (DLC), para acelerar o processo de aquisição de carteiras para salas de aula, bem como de alguns gêneros alimentícios que compõem a merenda escolar.

“Algumas escolas estão se queixando da falta de material de limpeza. Porém, isso já está sendo providenciado. O que aconteceu foi alguns diretores se atrasarem em pedir o material na secretaria. Não é preciso fazer alardes, porque estamos no início do ano letivo, tudo vai ficar bem. A rede municipal de educação continuará funcionando bem”, afirmou.

Na oportunidade, o líder governista voltou a criticar o fechamento das escolas da rede estadual no município. O governo municipal construiu e reformou várias creches e escolas. Já o Estado fechou as escolas e jogou a responsabilidade para o Município, aumentando a demanda para a administração municipal. Diversos bairros de Feira de Santana receberam equipamentos. Já o Estado só fechou as escolas”, afirmou,

Para finalizar, o democrata lamentou a agressão sofrida pelo policial civil Sérgio Roberto, morador do bairro Conceição. “Que Deus permita uma boa recuperação a esse guerreiro”, concluiu.

Roberto Tourinho critica falta de aula em colégio municipal

Vereador Roberto Tourinho informou que a Operação Acesso Negado Game Over está sendo realizada em Salvador e Feira de Santana e criticou a atual estrutura do Colégio Municipal Joselito Amorim.

“A Polícia Federal está realizando a 2ª fase da Operação Acesso Negado Game Over em Feira de Santana, Salvador e Aracaju. Aos gatunos da cidade, que costumam se apossar do dinheiro público, tomem cuidado. Se apressem para marcar consultas com cardiologistas, pois os batimentos cardíacos devem estar acelerados”, pontuou Tourinho.

E passou a criticar a ausência de aula para os alunos do 6º ao 9º ano do Colégio Municipal Joselito Amorim. “Quero ainda dizer da minha tristeza e decepção pelo que estão transformando o Colégio Municipal Joselito Amorim, que já foi referência de ensino em Feira de Santana. Estão transformando ele a ossos de borboleta, estão reduzindo a nada. As crianças do 6º ao 9º ano terão que esperar mais um pouco porque não tem carteira escolar e papel higiênico para eles estudarem. Ao filho da população carente, não foi dado o direito de rever ou conhecer amigos e professores”, criticou.

Para o edil, uma cidade não se desenvolve se não se investir na educação. “Tivemos um exemplo divulgado na imprensa: na II Guerra Mundial, a Coréia do Sul era um país pequeno e hoje é uma das grandes potências mundiais porque investiu em educação. As grandes cidades e países são aqueles que capacitam e investem na juventude”, lembrou.

Tourinho disse mais que o Brasil era o 3º do mundo em população carcerária. “Ou seja, a quantidade de presos aumenta consideravelmente e a maioria deles é jovem que deveriam estar em salas de aula, mas foram cooptados pelo crime e drogas. Mas, isso acontece porque as escolas não os acolhem. Aqui, estamos falando de um episódio simples, de um colégio que era modelo na cidade e hoje jovens do 6º ao 9º ano estão em casa porque faltam carteiras para estudarem”, pontuou.

E passa a fazer questionamentos. “O que falta para estes jovens serem recrutados pelo tráfico? O que custa que estes jovens desistam de estudar? E nós estaremos aqui, assistindo jovens adentrando ao mundo da criminalidade. Esse meu pronunciamento deveria ser encapado por todos. Estamos falando de jovens que não nasceram em berço de ouro, que pegam transporte escolar, que saem dos distritos sem se alimentar esperando a merenda escolar”, disse.

E finalizou dizendo “que é muito fácil dizer que o Município já está providenciando merenda escolar, mas a barriga não espera. É fácil dizer que o Município já está providenciando as carteiras. Tenho dito: o prefeito que obedece deve abrir os olhos para o prefeito do pilão. Ano passado, nesse mesmo período, as escolas abriram sem merenda ou sem carteiras? Acho que não. Não tenho conhecimento disso. Mas, porque está acontecendo isso com o prefeito que obedece? ”, findou.

Em oportunidade, o líder do Governo na Casa, vereador Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM), explicou que a reforma do Colégio Municipal Joselito Amorim está sendo concluída. “Sem dúvidas será uma escola digna de receber os alunos de Feira de Santana. Uma grande escola com boa estrutura. Acredito que o vereador Roberto Tourinho está equivocado em relação à denúncia que vez”, defendeu.

“A merenda escolar está sendo reestabelecida”, assegura Marcos Lima

O vereador Marcos Lima (PRP) assegurou que a merenda escolar da rede municipal já está sendo reestabelecida para o início do período letivo na sede e na zona rural. O edil destacou o compromisso do Governo Municipal com o desenvolvimento do setor de educação.

“No governo de José Ronaldo várias escolas foram construídas e reformadas. Ao contrário do que acontece com o Governo do Estado, que fechou diversas escolas deixando os alunos sem terem onde estudar. O Governo Municipal sempre trabalhou pelo bem da educação. Com certeza, na gestão do prefeito Colbert Martins Filho virão outras escolas e creches para Feira de Santana”, afirmou.

Alberto Nery critica falta de material e merenda nas escolas

Nitidamente indignado, o vereador Alberto Nery (PT) usou a tribuna da Câmara para questionar o cancelamento do retorno do período do ano letivo da rede municipal de Feira de Santana. Fazendo leitura da matéria “Falta de material atrasa volta às aulas em Feira”, publicada na edição de hoje do jornal Folha do Estado, o edil cobrou providências por parte da administração municipal.

“Os vereadores Lulinha e Marcos Lima, tentaram justificar o injustificável. Houve dois meses de férias e a rede sabia que as aulas retornariam ontem. O jornal Folha do Estado notícia que as aulas não retornaram por falta de material. É dever dos gestores providenciar o que é necessário para os alunos estudarem”, criticou.

O vereador do PT relembrou que na gestão do ex-prefeito Tarcizio Pimenta, a rede municipal de educação recebia a atenção devida. “Na gestão de Tarcizio, os alunos começavam as aulas com fardamento, merenda escolar, mochila, tênis, a jornada pedagógica era antecipada para os professores se preparem. Agora a realidade é outra”, pontuou reafirmando o abandono das escolas municipais.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]

Notice: Undefined variable: mh_newsdesk_options in /home/jornalgr/public_html/wp-content/themes/mh_newsdesk/comments.php on line 2