Papa Francisco pede medidas concretas e efetivas para combater abusos sexuais no clero; No encontro, membros da comissão organizadora e especialistas na luta contra os abusos leram relatos de vítimas

Papa Francisco (Jorge Mario Bergoglio) é o 266º Papa da Igreja Católica e atual Chefe de Estado da Cidade Estado do Vaticano, sucedendo ao Papa Bento XVI, que abdicou ao papado em 28 de fevereiro de 2013.

Papa Francisco pede medidas concretas e efetivas para combater abusos sexuais no clero.

Nesta quinta-feira (21/02/2019), o papa se pronunciou para cerca de 190 representantes da hierarquia religiosa. Na abertura do evento, o pontífice disse que não basta só condenar os crimes de abusos sexuais cometidos por membros do clero, e ressaltou que é necessário que se tome “medidas concretas e efetivas” de combate.

Francisco pediu que o Espírito Santo ajudasse a Igreja nestes dias a “transformar este mal em uma oportunidade para se tomar consciência e para se purificar”.

Além disso, nos próximos dias, o papa argentino vai tentar convencer os presidentes das Conferências Episcopais da Igreja Católica no mundo da sua responsabilidade individual em relação às agressões sexuais a menores.

Na reunião histórica da Igreja, membros da comissão organizadora e especialistas na luta contra os abusos leram relatos de vítimas.

Com informações da RTP, TV pública portuguesa

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]