Novos orientadores do programa Criança Feliz visitam os CRAS, em Feira de Santana

50 novos orientadores do programa Criança estão conhecendo as estruturas e regiões de abrangências dos Centros de Referência em Assistência Social.

50 novos orientadores do programa Criança estão conhecendo as estruturas e regiões de abrangências dos Centros de Referência em Assistência Social.

Os 50 novos orientadores do programa Criança Feliz Primeira Infância estão conhecendo as estruturas e regiões de abrangências dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), equipamentos do Governo Municipal administrados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDESO).

Ao todo são 15 CRAS espalhados por regiões estratégicas da cidade e mais dois distritos, Maria Quitéria e Humildes. São a porta de entrada dos serviços de promoção da assistência social na cidade e acolhem famílias de baixo poder aquisitivo e em situação de vulnerabilidade social.

No CRAS Jussara, os visitadores conheceram a estrutura do equipamento da SEDESO e visitaram a comunidade. Da mesma forma nos CRAS dos bairros George Américo, Pampalona e Aviário.

Na área de abrangência do CRAS Santo Antônio, além do próprio bairro, os técnicos também visitaram o distrito de Jaíba e os bairros Parque Lagoa Subaé, Mantiba e Conder. Os orientadores já iniciaram os cadastros das famílias aptas a receberem as visitas periódicas de acompanhamento voltado para gestantes e crianças de 0 a 3 anos ou crianças de 0 a 6 anos portadoras de necessidades especiais.

A coordenadora do CRAS Santo Antônio, Ivanete Rios, ressalta a importância da iniciativa promovida pelo Governo Municipal, através da SEDESO, visando reforçar a atenção à comunidade mais carente e a garantia de direitos e de inclusão social.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]