Cresce a movimentação de cargas por navegação interior no Sul do país

Transporte de cargas através de navios de contêineres.

Transporte de cargas através de navios de contêineres tem crescimento.

O Tecon Rio Grande, terminal de contêineres do Grupo Wilson Sons, fechou 2018 com crescimento superior a 120% na movimentação de cargas via navegação interior, em comparação a 2017. As principais cargas transportadas foram congelados, resinas, glicerina, utensílios domésticos, partes e peças, móveis, compensados e sucata.

“Cada vez mais empresas se interessam pelo transporte fluvial e enxergam no modal uma série de benefícios, como diminuição dos custos em logística, redução dos riscos de acidentes e avarias nas cargas, além de menor emissão de gases do efeito estufa”, avalia o diretor-presidente do Tecon Rio Grande, Paulo Bertinetti.

Localizado no Porto de Rio Grande, o terminal opera integrado ao Contesc, terminal de navegação interior para contêineres do Grupo Wilson Sons, instalado em Triunfo (RS). São quatro viagens semanais entre as duas unidades. Os produtos – de importação, exportação e cabotagem – seguem pelo Rio Jacuí e têm como origem ou destino as cidades de Farroupilha, Carlos Barbosa, Garibaldi, Caxias do Sul, Veranópolis, Cruz Alta, Lajeado, Serafina Corrêa, entre outras.

No início de 2018, devido ao crescimento da movimentação de cargas na região, o Contesc recebeu uma nova barcaça. Com capacidade de 150 TEU (sigla para Twenty-foot Equivalent Unit – Unidade Equivalente a um contêiner de 20 pés), a Trevo Roxo passou a operar junto com a Guaíba de 170 TEU. Ao longo do ano, as duas embarcações registraram volumes de 23.725 TEU.

Entre os serviços disponibilizados pelo Contesc está a possibilidade de estufar e desovar produtos no armazém. Esse processo gera uma economia de até 20% para os clientes. As cargas também podem ser estocadas e, depois, distribuídas fracionadas ou completas nos seus destinos. Inaugurado em outubro de 2016, o terminal já movimentou XX TEU em pouco mais de dois anos.

Com mais de 20 anos, o Tecon Rio Grande é um dos mais importantes terminais de contêineres da América Latina. Opera as principais linhas de navegação que escalam o país e atende a cerca de três mil importadores e exportadores, tendo se tornado fundamental para o desenvolvimento econômico do estado. Em 2017, implantou o sistema Navis N4, ferramenta de gestão operacional utilizada nos maiores portos do mundo, e adquiriu três novos STS (Ship to Shore Super Post Panamax) e oito eRTG (Eletric Rubber Tyred Gantry), no total de R$ 146 milhões de investimento.

Sobre o Grupo Wilson Sons

O Grupo Wilson Sons é um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima no mercado brasileiro e oferece soluções da cadeia de suprimento, com mais de 180 anos de experiência. A Companhia presta uma gama completa de serviços para as empresas que atuam na indústria de óleo e gás, no comércio internacional e na economia doméstica, conectando as melhores soluções aos resultados esperados pelos seus clientes. Com presença nacional, atua de forma inovadora, acompanhando as tendências do mercado.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]