Tailandês compra revista estadunidense Fortune por US$150 milhões

Exemplares da revista estadunidense Fortune.

Exemplares da revista estadunidense Fortune.

A revista Fortune, uma das bases do império jornalístico Time Inc., que começou a ser publicada logo depois da crise de 1929 e prosseguiu acompanhando a ascensão e a queda das maiores empresas dos Estados Unidos, foi vendida na sexta-feira (09/11/2018) a um empresário da Tailândia por US$ 150 milhões.

Chatchaval Jiarananon, cuja família controla a Charoen Pokphand, uma das maiores empresas tailandesas, comprou a Fortune como investimento pessoal, segundo nota do atual proprietário, o conglomerado Meredith Corp. Segundo a nota, o novo dono pretende aumentar investimentos em edição digital, expansão geográfica e qualidade editorial da revista.

Jiaravanon é o segundo comprador inesperado de um título da Time Inc. recentemente. Em setembro, o Meredith informou que estava vendendo a revista Time a Marc Benioff, o bilionário fundador da empresa de software Salesforce, por US$ 190 milhões. “Foi um grande desfecho”, disse Alan Murray, diretor de conteúdo da Time Inc., que será o principal executivo da Fortune. Acrescentou que Jiaravanon tem metas ambiciosas para a revista e promete investir em tecnologia e jornalismo.

Como em todas as revistas, o faturamento da edição impressa da Fortune caiu 25%, o que a levou a focar em outras áreas de crescimento, como anúncios digitais e conferências. Esses campos respondem hoje por 62% dos US$ 100 milhões do faturamento anual. O lucro da empresa é de US$ 10 milhões.

O preço de compra e a vontade de Jiaravanon de investir na revista foram fatores-chave na disputa, disse Murray, embora o montante específico de investimentos não tenha sido discutido. A revista deve aumentar sua equipe e considera cobrar pelo acesso ao website.

Após comprar a Time Inc., em 2017, o Meredith vendeu revistas que não se encaixavam em seu padrão, como publicações centradas em casa e estilo de vida. Em março, anunciou que procurava compradores para a Fortune, além das revistas Time, Money e Sports Illustrated. Embora a decisão do Meredith de vender esses títulos fosse esperada, ela comprovou um maior declínio na indústria de revistas.

Jiaravanon, de 56 anos, que surgiu como comprador há três semanas, não participará da direção da revista.

*Com informações da ABI, com informações do O Estado de S. Paulo.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]