Salvador: Cemitério Parque Jardim da Saudade divulga programação cultural e religiosa para o Dia de Finados

Fachada do Cemitério Parque Jardim da Saudade.

Fachada do Cemitério Parque Jardim da Saudade.

A programação de Dia de Finados do Cemitério Parque Jardim da Saudade será de muitas celebrações à memória daqueles que partiram. As tradicionais visitas e orações serão acompanhadas de apresentações musicais, palestras e homenagens, além de missas. “O 2 de novembro é carregado de saudades e o nosso desejo é compartilhar esse sentimento, expandir as vibrações de paz e amor, e estimular as boas lembranças dos entes queridos”, declara a gerente geral do cemitério-parque, Bárbara Bembem.

A manhã de Finados começa com música do Quarteto de Cordas Caribé, depois missa, mais música e palestra sobre ‘As cinco fases do luto’ e Programação Neurolinguística (PNL) com Rodrigo Muccini, especialista em PNL, certificado por The Society of NeuroLinguist Programming, by Richard Bandler, e Bárbara Bembem, que tem especialização em Teoria, Pesquisa e Intervenção em Luto, no palco principal.

A missa campal com o Bispo Dom Estevam dos Santos, às 9:30 horas, será acompanhada pelo Quarteto de Cordas Caribé e Shalom. A benção final terá chuva de pétalas, jogada de um helicóptero, sobre os presentes. Haverá apresentação do Coral das Crianças do Maestro Keiler Rêgo com o Quarteto de Cordas Caribé, que continuará animando os visitantes, juntamente com o Quarteto de Vozes.

“O Jardim da Saudade quer tornar essa data menos dolorosa e mais amorosa, despertando nos familiares e amigos as melhores recordações”, comenta Ricardo Guedes, presidente da Instituição do Abrigo do Salvador, entidade apoiada pelo cemitério-parque. Ele lembra que, nos países budistas como a Tailândia, os mortos são homenageados com procissões, música e até desfiles de máscaras. “No México, as celebrações são alegres e coloridas, pois os mexicanos acreditam que as almas visitam seus familiares no Dia de Finados. Já no Japão, o costume é fazer uma oferenda de arroz e algas para alimentar os espíritos”.

No período da tarde, dentro da proposta de tornar o dia menos melancólico e de pacificar os corações, às 14 horas, haverá novamente a palestra ‘As cinco fases do luto’ e PNL. E das 15 às 16 horas haverá uma revoada de balões e mais música com o Quarteto de vozes e Quarteto de Cordas Caribé. Fechando a programação, o Padre Luiz Carlos Fagundes Araújo celebra a missa campal, às 16 horas, acompanhado pelo Quarteto de Cordas Caribé e coral Homens de Bem.

Sobre o Jardim da Saudade

Um dos maiores cemitérios do Brasil, com 152 mil m² de área verde, o Cemitério Parque Jardim da Saudade é administrado pela entidade filantrópica Abrigo do Salvador e possui uma das melhores infraestrutura e qualidade de serviços da Bahia, 24 horas. O equipamento possui, além de jazigos, crematório, columbário (onde estão guardadas as urnas com as cinzas mortuárias), capelas, ossuário, floricultura e salão cerimonial com 100 lugares. Foi pioneiro no Nordeste a ter crematório próprio e, atualmente está com dois fornos, atendendo à Bahia e outros Estados. O Jardim da Saudade é a marca mais lembrada pelos baianos na sua categoria, vencedor da 22ª edição do Prêmio Top of Mind 2017, e destaca-se ainda pelo trabalho social do Abrigo do Salvador, que acolhe mais de 200 idosos residentes, oferecendo assistência social, médica, nutricional e lazer.

Confira a programação completa:

7 horas – Apresentação do Quarteto de Cordas Caribé, no Crematório;

Das 7:30 às 8:30 horas – Missa com o Padre Júlio Cesar Mello Almo, diretor geral dos Padres Joseleitos, acompanhado com o Quarteto de Cordas Caribé e Shalom, no Crematório.

Das 8:30 às 9:30 horas – Palestra sobre ‘As 5 fases do luto’ e Programação Neurolinguística (PNL) com o renomado Dr. Rodrigo Muccini, especialista em PNL, certificado por The Society of NeuroLinguist Programming by Richard Bandler e a gerente geral do Cemitério Parque Jardim da Saudade Bárbara Bembem com especialização em Teoria, Pesquisa e Intervenção em Luto, no palco principal;

Das 9:30 às 10:30 horas – Missa Campal com o Bispo Dom Estevam dos Santos, acompanhado pelo Quarteto de Cordas Caribé e Shalom;

Das 10:30 às 11 horas – Benção final sob chuva de pétalas e apresentação do Coral das Crianças do Maestro Keiler Rêgo, acompanhado pelo Quarteto de Cordas Caribé;

Das 11 às 12 horas – Apresentação do Quarteto de Vozes e Quarteto de Cordas Caribé, no palco principal;

Das 14 às 14:30 horas – Palestra sobre ‘As 5 fases do luto’ e Programação Neurolinguística (PNL) com renomado Dr. Rodrigo Muccini Especialista em PNL, certificado por The Society of NeuroLinguist Programming by Richard Bandler e a gerente geral do Cemitério Parque Jardim da Saudade Bárbara Bembem com especialização em Teoria, Pesquisa e Intervenção em Luto, no palco principal;

Das 15 às 16 horas – Revoada de balões com a apresentação do Quarteto de Vozes e Quarteto de Cordas Caribé;

Das 16 às 17 horas – Missa Campal com o Padre Luiz Carlos Fagundes Araújo, acompanhado com o Quarteto de Cordas Caribé.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]