Indústria São Miguel apoia processo de interiorização de refugiados na Bahia

A Indústria São Miguel possui fábrica em Alagoinhas e centros de distribuição nas cidades de Feira de Santana, Juazeiro, Alagoinhas, Itabuna e Salvador.

A Indústria São Miguel possui fábrica em Alagoinhas e centros de distribuição nas cidades de Feira de Santana, Juazeiro, Alagoinhas, Itabuna e Salvador.

Há seis anos na Bahia, a fabricante peruana de bebidas Indústria São Miguel (ISM) consolida-se como uma das mais sólidas do Nordeste. Com uma fábrica em Alagoinhas, implantada em 2012 e fruto de um investimento de US$ 49 milhões, e cinco centros de distribuição nas cidades de Feira de Santana, Juazeiro, Alagoinhas, Itabuna e Salvador, a fabricante produz hoje mais de 14 milhões de litros de bebidas não alcoólicas por mês.

Agora, a meta para os próximos anos, segundo Jorge Hans Añaños Alcazar, diretor geral da companhia no Brasil, é fortalecer a sua consolidação na Bahia e a expandir os negócios para outros estados do Nordeste. “O plano agora é avançar nos demais estados do Nordeste. O primeiro deles foi Sergipe, onde a companhia abriu um centro de distribuição na capital. Estaremos também diversificando a nossa linha de produtos”, conta o diretor. Além deste, outros três centros de distribuição marcam a expansão dos negócios em cidades nordestinas: Maceió e Arapiraca (AL) e Petrolina (PE).

Entre os produtos, já lançados no Brasil estão o refrigerante Goob, o energético Ener Up, a água mineral Lôa, o suco Yulo e a bebida mista GuaranUp. Essas são apenas algumas das bebidas do portfólio da empresa, feito sob medida para cada público consumidor. “Fornecemos produtos de alta qualidade, a preços acessíveis, o que implica que somos criativos no desenvolvimento de eficiências, utilização de tecnologia de última geração. Além disso, apostamos no desenvolvimento do capital humano. Contamos com diversas categorias de produtos que ainda não foram lançadas no Brasil, esperando a futuro, comercializar a mesma diversidade de portfólio de outros países”, explica Eduardo Javier Barrantes Bravo, gerente geral adjunto. Além do Brasil, a Companhia atua no Peru, na República Dominicana, Haiti e no Chile. A intenção do grupo é expandir para o mercado asiático até 2020.

Refugiados venezuelanos

A essa força de trabalho somaram-se no final de outubro de 2018 seis venezuelanos refugiados. Três foram designados para vagas abertas na Fábrica, em Alagoinhas, e três na Distribuidora, em Salvador. A oferta de trabalho é o resultado de uma parceria do Grupo ISM com a ONG AVSI Brasil. A diretoria tomou conhecimento do trabalho realizado pela AVSI Brasil em parceria com o Governo Federal e com as Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), e decidiu apoiar o projeto de interiorização dos imigrantes. Os venezuelanos irão atuar nas posições de auxiliar de produção, auxiliar de marketing, mecânico de caminhões, auxiliar de manutenção civil e inspeção de qualidade.

Para a ISM o trabalho é o ponto de construção da vida e da dignidade da pessoa. “A nossa empresa procura contribuir com o bem social, além de apostar na diversidade cultural, promovendo o intercâmbio entre os trabalhadores das diferentes localidades onde opera”, disse Barrantes.

Atualmente, a empresa possui 650 colaboradores na Operação ISM Brasil, sendo que 280 colaboram na fábrica de Alagoinhas. São oferecidos cerca de 400 empregos indiretos. “A ISM tem enorme satisfação em contribuir com o desenvolvimento das regiões onde estamos presentes. Nossa equipe trabalha todos os dias acreditando nos produtos que colocamos nas prateleiras e no nosso poder de transformação”, afirma Eduardo Barrantes.

Certidões

A ISM é uma empresa que investe em tecnologias e se preocupa com o meio ambiente. A prova disso são as certidões que recebeu ao longo desses seis anos de atuação no mercado baiano. A ISO 9000, que reconhece o esforço da organização em assegurar a conformidade dos seus produtos e/ou serviços, a satisfação dos clientes e a melhoria contínua; o ISO 14001 garante que a empresa adotou gestões adequadas para proteger o meio ambiente; e OHSAS 18001, certificação de segurança e saúde ocupacionais.

Sobre o Grupo ISM

A indústria São Miguel foi fundada em 1988, em Ayacucho, sul do Peru. Hoje se tornou uma multinacional presente em mais de 6 países. Visionários, empreendedores e determinados, o casal Jorge Añaños e Tania Alcázar iniciaram a história do grupo ISM abrindo uma distribuidora de cerveja. Em 1988, em sociedade com os pais de Jorge Añaños, criou-se a primeira fábrica engarrafadora de refrigerante, em Ayacucho. O primeiro produto foi o refrigerante Kola Real (KR), que se mantém até os dias atuais como um dos seus principais produtos. Em 30 anos de existência da indústria de bebida não alcóolica, a ISM é reconhecida nas praças onde atua como uma empresa moderna, que investe em tecnologia avançada, focada na qualidade dos seus produtos, comprometida com o desenvolvimento profissional e a responsabilidade socioambiental.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]