Feira de Santana: Street Jazz e Dança do Ventre encerram o Bailares Festival

Trupe Mandhala encerra a 3ª edição do Bailares Festival.

Trupe Mandhala encerra a 3ª edição do Bailares Festival.

Em sua terceira edição, o Bailares, festival de dança realizado em Feira de Santana, concluiu suas atividades no último sábado (16/11/2018). Com aulas de Ju Mascarenhas (street jazz) e da Trupe Mandhala (dança do ventre), os workshop’s aconteceram na academia Space Park.

A professora Jamile Menezes se inscreveu a fim de um aprimoramento. “Vim para ampliar a busca de uma técnica, já que faço parte do grupo Divas do Ventre”, afirmou ela. Os participantes variavam entre profissionais que já se apresentaram a pessoas que nunca haviam experimentado a dança.

Integrante da Trupe Mandhala, Viviane Macedo ressaltou que essa terceira edição foi um desafio por questões de logística e estrutura. “Recebemos um valor de financiamento menor em relação aos anos anteriores, mas não queríamos deixar de praticar. E avaliando, saímos com a sensação de que foi feito da melhor forma que pudemos, com carinho, com amor, com o máximo de qualidade. A gente conseguiu abraçar uma quantidade interessante de pessoas nos workshops. Em 2012, que foi o primeiro ano, e depois em 2014, o financiamento foi através de edital do Estado. Depois o cenário de políticas públicas ficou complicado. A vontade sempre existiu. Esse ano conseguimos realizar, através da Belgo. Por conta própria não dá, porque acontece de forma gratuita, democrática”.

Andrea Farias, também membro da Trupe, enfatizou a necessidade de aprovação e seleção em editais. “Do que depender de nós sempre acontecerá. Mas nos sujeitamos a patrocínios, a ajudas financeiras. Foram oferecidos espetáculos gratuitos além dos workshops. Esperamos que nos próximos anos o Bailares aconteça, que sejam anos positivos. Nosso desafio é que ocorra com edital ou não”, declarou entusiasmada.

No dia 25 de novembro acontece uma culminância de arte integrada dos projetos financiados pela Belgo, no Casarão da Froes da Motta e na praça, com apresentação da Trupe Mandhala, da qual também fazem parte Antonia Lyara e Mary Figueredo. Além delas se apresenta o pessoal do Beco da Energia, do Hip Hop, da Jam, da grafitagem, dentre outros.

A Trupe Mandhala, idealizadora do Bailares Festival, dá aulas às sextas-feiras no Centro de Cultura Amélio Amorim, das 19:30 horas às 21:30 horas, onde ocorre um rodízio de professoras, com didáticas e estilos diferentes.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]