Feira de Santana: Jair Onofre analisa momento da política no país em reunião da ACEFS

O radialista Jair Onofre participa de reunião da Associação Comercial de Feira de Santana.

O radialista Jair Onofre participa de reunião da Associação Comercial de Feira de Santana.

A vitória de Jair Bolsonaro na eleição presidencial – o segundo turno aconteceu no dia 28 de outubro de 2018 – foi resultado da sucessão de acertos de uma campanha controversa e o uso estratégico das redes sociais, aliada à rejeição ao PT e à corrupção. A análise foi feita por Jair Onofre, radialista e diretor do site Bahia Na Política, durante reunião da Associação Comercial de Feira de Santana (ACEFS).

O certo é que o candidato do PSL, agora presidente eleito, não apresentou uma proposta sequer, “no mesmo estilo do PRN de Fernando Collor de Mello”, comparou Jair Onofre. “O discurso da campanha foi de desconstrução do opositor e do voto antipetista”, observou, lembrando que em determinado momento Bolsonaro optou por um discurso mais conciliador, mais democrático até.

Bom, e agora? O radialista apresentou os números da última eleição, apontando para o fato da direita pró-Bolsonaro ter 110 deputados federais, sendo que o PSL conta com 52 parlamentares. Ele analisou também que o PT elegeu quatro governadores (Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte) e apoiou outros, além de ainda contar com a força de Lula, em que pese ter sido a pior eleição do partido no Nordeste.

Fora do Nordeste, o Partido dos Trabalhadores só ganhou a eleição nos estados do Pará e Tocantins. Esta situação, de acordo com Jair Onofre, aponta para uma situação delicada. “A história nos mostra que os partidos políticos começam a acabar quando se tornam uma do Nordeste”, disse, citando os casos do DEM e do PMDB. Ele falou ainda sobre a reeleição de Rui Costa, a derrota de José Ronaldo, a eleição de Zé Neto para a Câmara Federal e a questão da representatividade política do Município.

Além de empresários e lideranças do setor, participaram do debate pós-eleição promovido pela Associação Comercial representantes de instituições financeiras. Para o presidente da entidade, Marcelo Alexandrino, o momento é de expectativa e a ACEFS está aberta ao debate de propostas direcionadas ao crescimento de Feira de Santana. “Somos parte desse processo e precisamos nos unir para que nossos pleitos tenham legitimidade”, afirmou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]