Feira de Santana: Grandes histórias foram premiadas durante a 3ª edição do ‘Feira Que Te Quero Ver’

O projeto é de iniciativa da Secretaria Municipal da Educação, com a participação de estudantes de 25 escolas de Ensino Fundamental II.

O projeto é de iniciativa da Secretaria Municipal da Educação, com a participação de estudantes de 25 escolas de Ensino Fundamental II.

O homem que, na escola da vida, adquiriu quatro diplomas: de generosidade, ativismo social, empreendedorismo e humanidade. Foi desta forma que os estudantes da Escola Municipal Geraldo Dias de Souza, do Distrito de Humildes, em Feira de Santana, descreveram o patrono da unidade de ensino.

A história de vida de Geraldo de Souza garantiu a estes alunos o primeiro lugar em duas categorias do projeto ‘Feira Que Te Quero Ver’: vídeo e e-book. O projeto é de iniciativa da Secretaria Municipal de Educação, com a participação de estudantes de 25 escolas de Ensino Fundamental II – do 6º ao 9º ano.

Durante a produção do vídeo, os alunos entrevistaram Raulinda Rodrigues Souza, viúva de Geraldo de Souza; José Carlos Souza, filho do casal; e algumas pessoas da comunidade que conviveram com o subdelegado do distrito, como o comerciante Silvestre Nascimento, a lavradora Maria Borges, entre outros personagens.

No e-book, os alunos narram os esforços de Geraldo de Souza para garantir benefícios à comunidade na área de educação e até mesmo para a construção do Estádio José Araújo dos Santos.

Ao todo, oito escolas foram premiadas na tarde dessa terça-feira (13/11/2018), durante a solenidade que aconteceu na Secretaria de Educação, com a presença de um representante de cada escola. Este ano, os alunos e professores assistiram à entrega dos troféus diretamente das unidades de ensino, através de uma videoconferência.

O tema do projeto para 2018 foram as grandes personalidades histórico-culturais de Feira de Santana.  A Escola Ana Maria Alves dos Santos, do Bairro Muchila, conquistou o primeiro lugar na categoria fotografia. Em 2017, a escola havia figurado em terceiro na mesma categoria, um fato que demonstra o empenho da unidade de ensino para com o projeto.

A diretora da Escola Municipal Geraldo Dias de Souza, Jacelí Silva Cerqueira, recebeu os dois troféus, com alegria. “A sensação é maravilhosa, mas esse prêmio vai para todos os professores e estudantes envolvidos nas produções. Vale ressaltar que todos os alunos que participaram se envolveram por livre escolha”, destacou a diretora.

Grandes histórias foram premiadas

Grandes histórias foram contadas nesta terceira edição, como a de Julieta Carteado, bibliotecária que dedicou dez anos de sua vida à Biblioteca Central da Universidade Estadual de Feira de Santana. O relato garantiu o segundo lugar aos alunos da Escola Municipal Chico Mendes, do Bairro Campo Limpo, na categoria vídeo.

Teve também a história de Joaquim Pereira dos Santos, lavrador, pai de família e militante na luta por terra no distrito que hoje é conhecido como Matinha – sua história em e-book rendeu aos alunos da Escola Municipal Rosa Maria Esperidião Leite, do mesmo distrito, o segundo lugar na categoria.

A secretária de Educação, Jayana Ribeiro – idealizadora do ‘Feira Que Te Quero Ver’ – foi uma das coordenadoras da solenidade de premiação; em sua fala, reforçou a importância do projeto no desenvolvimento dos estudantes. “É um projeto que tem a cara da cidade. Os estudantes reconstroem a história de Feira, seus bairros e personalidades a partir da sua perspectiva. A escola e eles próprios não são mais os mesmos neste momento. Aprenderam algo significativo – relacionado às suas origens e comunidade”, ressalta.

Foram jurados nesta edição do projeto Cristiano Cardoso, diretor do Museu Regional de Arte; Valmir Almeida Júnior, fotógrafo; Maria das Graças Cordeiro, diretora do Departamento de Turismo da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico; Maria Salete, coordenadora do Polo Universidade Aberta do Brasil; e Hosana Carolina Bastos, historiadora.

As Escolas Municipais Rosa Maria Esperidião Leite, do Distrito da Matinha, e Doutor Colbert Martins da Silva, do Distrito de Jaguara, receberam menção honrosa pela qualidade de seus trabalhos.

Patrimômio histórico-cultural

O ‘Feira Que Te Quero Ver’ visa promover a difusão do patrimônio histórico-cultural do município a partir do estudo dirigido e da visitação de estudantes e professores aos bairros, distritos e entorno das escolas, além de incentivar o uso da tecnologia a favor da educação.

Ao longo das produções, alunos da sede e zona rural participaram de oficinas educativas e de interpretação artística que auxiliaram na produção dos materiais. Os estudantes dos distritos participaram das formações no Ônibus Digital da SEDUC, que levou todo o aparato tecnológico necessário até eles; já os estudantes da sede receberam as orientações no Centro Digital das Baraúnas.

As produções estiveram disponíveis para votação da comunidade feirense e foram também avaliadas por uma comissão composta por professores, pesquisadores e produtores ligados à articulação do audiovisual com a educação.

Categoria Vídeo

1º – Escola Municipal Geraldo Dias de Souza, do Distrito de Humildes

2º – Escola Municipal Chico Mendes, do Bairro Campo Limpo

3º – Escola Municipal Faustino Dias Lima, do Bairro Feira VII

Categoria E-book

1º – Escola Municipal Geraldo Dias de Souza, do Distrito de Humildes

2º – Escola Municipal Rosa Maria Esperidião Leite, do Distrito de Matinha

3º – Centro de Educação Básica da UEFS – do Bairro Novo Horizonte

Categoria Fotografia

1º – Escola Municipal Ana Maria Alves dos Santos, do Bairro Feira X

2º – Escola Municipal Ana Brandoa, do Bairro Tomba

3º – Escola Municipal Professora Julieta Frutuoso de Araújo, do Distrito de Tiquaruçu

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]