Feira de Santana: Diversão e superação marcam a Feira Night Run Análise 2018

5ª edição do Feira Night Run Análise aconteceu na Avenida Maria Quitéria, em Feira de Santana.

5ª edição do Feira Night Run Análise aconteceu na Avenida Maria Quitéria, em Feira de Santana.

Um verdadeiro espetáculo foi preparado para receber os mais de mil e trezentos participantes da Feira Night Run Análise 2018. O evento que aconteceu na Avenida Maria Quitéria, em Feira de Santana, na noite do último sábado (10/11/2018) surpreendeu o público por sua imensidão e estrutura impecável. Palco, luzes, fogos e muita música. Destaque para a largada inédita, jamais vista em nenhuma prova de rua, onde no painel de LED do pórtico de largada, uma mensagem que celebrou a importância da corrida e a prática de exercícios físicos preparou os corredores até o último segundo da contagem regressiva, que foi finalizada com um grande show pirotécnico que deixou os participantes em êxtase.

A diversão entre amigos e família e a superação de alguns atletas marcaram o evento deste ano. Corredores profissionais e amadores vieram de todas as partes do estado para participar da prova que chegou à sua 5ª edição, mais de 30 cidades foram representadas, mesmo número de grupos de corrida que inscreveram os seus atletas e montaram as suas tendas na arena da FNR.

Mais uma vez o evento recebeu diversos atletas já consagrados no esporte, a exemplo de Marily dos Santos, atleta olímpica e que foi a vencedora da prova de 8km. Além da grande novidade que foi a largada, a RG+ apostou novamente na boate BN Mascarenhas, que fez sucesso na edição passada e voltou ainda melhor este ano. A ideia foi dar mais gás aos atletas na reta final da prova, com muita música eletrônica e um show de luzes. Os participantes que passaram por baixo do túnel da Maria Quitéria mais uma vez aprovaram a inovação e conseguiram recuperar o pique e completar o percurso muito mais animados.

Os vencedores das categorias de 5 KM e 8 KM receberam prêmios em dinheiro e brindes oferecidos pelos parceiros da Corrida. Na categoria de 8 KM, feminino, a vencedora foi a maratonista e famosa por vencer as principais provas do país, Marily dos Santos, com um tempo de 00:28:48 seg, seguida de Eliane Costa de Jesus com 00:29:49 seg e Marluce Queiroz que completou o pódio com 00:32:10 seg. Já no masculino, o campeão foi Marcos Fernandes da Cruz, com 00:23:36 min, seguido de Adriano de Oliveira Silva, que fez o tempo de 00:23:41 seg e Givaldo Araújo Sena com 00:23:49 seg.

Nos 5 KM feminino, a campeã foi Maria Santos de Jesus, com o tempo de 00:20:20 seg, logo após veio Emille Laize Pereira com 00:21:16 seg, seguida de Nevolandia Lopes com 00:22:48. No masculino, venceu Vinicius Almeida Brito, com 00:16:35 seg, seguido de Fernando da Conceição Lima com 00:16:37 e Jairo Carvalho Alves com 00:17:07 seg.

Logo após a prova, o atleta Jackie Lima, que sempre participa da Feira Night Run contou como a determinação e a força de vontade o fizeram se recuperar de uma lesão e completar a prova com um tempo excelente. “É superação total, pois eu vinha de uma lesão, mas mesmo com pouco tempo de recuperado, consegui concluir os 8km. E não só isso, superei minha marca da edição anterior, finalizando em 40min. É mágico, inexplicável a emoção, pois quando se chega nos km finais, uma energia extra surge e nos permite ir além do que se esperava. Muito grato pela grande festa que foi essa corrida, foi maravilhosa. Não é à toa que é a mais querida da cidade. ”, disse.

Este ano, os kits esgotaram com 10 dias de antecedência e houve um aumento de 20% no total de inscritos, foi o que explicou Ricardo Cedraz, diretor da RG+. “Do total de participantes, 40% não participaram da prova no ano passado. Isso mostra uma reciclagem do público, um interesse maior das pessoas por uma prova oficial e de nível nacional como foi a Feira Night Run Análise 2018. Vale ressaltar também a importância dos grupos de corrida, pois eles são os incentivadores de base, que muitas vezes iniciam as pessoas na corrida de rua e quando elas participam de uma competição desta e percebem toda a estrutura, o clima de confraternização e mais de mil atletas correndo ao lado delas, elas nunca mais deixam de correr e foi daí que surgiu a ideia do desafio Feira Night Run Análise, foi justamente mostrar pessoas que vivem atarefadas, que não têm tempo de praticar exercícios, nunca tinham participado de uma prova para participarem e darem este feedback para todos de que vale a pena todo o esforço”, afirmou.

Humberto Cedraz Filho, um dos diretores da RG+ destacou o nível de organização da prova, afirmando que todas as exigências da Federação Brasileira de Atletismo foram cumpridas. “Colocamos postos de hidratação a cada 2 KM na prova de 8 KM e um ponto na prova de 5 KM. Além disso, disponibilizamos duas ambulâncias para suporte aos atletas, estas em parceria com a União Médica e ressalto a importância do apoio da SMT e Polícia Militar, e assim tivemos uma prova muito tranquila, não registramos nenhuma ocorrência”, contou.

Segundo Margareth Cedraz, responsável também pelo evento, a realização de uma prova como está só é possível através das parcerias de empresas que apoiam o esporte e se preocupam com a qualidade de vida das pessoas. “A chegada do Laboratório Análise na corrida deu um “UP” no nosso evento, foi de extrema importância, é uma empresa que já apoia a cultura a arte, além de todas as outras empresas, cada uma contribuindo da sua melhor forma para proporcionar o melhor para todas as pessoas. Estamos com a sensação de dever cumprido e realizados, tanto em realizar o melhor para os atletas que foram participar como também para as empresas que estão junto conosco por estarem num evento de qualidade, que preza pela excelência, pelo cuidado da marca do parceiro, então cada vez mais só temos a crescer, 2019 vem aí, outras parcerias virão, as que estão aí continuarão e realizaremos mais grandes eventos”, concluiu.

O desafio

Inúmeros são os casos de superação no atletismo por todo o mundo, e foi pensando em disseminar este propósito que a RG+ lançou um desafio para quatro personalidades de Feira de Santana. Quatro perfis diferentes, porém, iguais num quesito: vontade de se superar e completar uma prova. Os nossos convidados passaram dois meses treinando pesado, sob a supervisão do personal trainer Marcílio Vieira, da First Centro de Treinamento.

Layane Cedraz chegou na arena super empolgada e como já vinha dizendo durante os dias que antecederam a prova, conseguiu completar o percurso com certa facilidade. Segundo ela, o desafio foi muito, pois ela sempre admirou o esporte, mas nunca havia tomado a iniciativa de correr. “O desafio foi pessoal mesmo. Quando recebi todo o suporte de atividade física, o clube de corrida, o personal junto, tudo isso fez diferença, principalmente para quem não tem hábito na rotina de atividades. Eu me permiti e encontrei tempo na minha rotina, o clube era 5:30 da manhã, os treinos eram nos mais variados horários e isso acabou virando um hábito e já não conseguia mais ficar sem fazer, foi criado além do hábito o prazer pela companhia, pelas pessoas, o incentivo dos colegas, do personal, ser instruída por um profissional competente como foi Marcílio acabou estimulando e me fazendo acreditar que daria conta. No dia da prova fiquei numa pilha de ansiedade, morrendo de vontade de dar conta e fiz, eu estava me desafiando o tempo todo e não queria me decepcionar e assim foi. Agora o meu desafio pessoal continua, vou continuar no mesmo ritmo, descobri prazer em correr, me sinto mais disposta, mais feliz, driblei o cansaço, o sono e consegui. Quero participar da próxima corrida e vou correr mais que 5 km, agora eu que irei me desafiar, uma vez que cruzei esse caminho, não paro jamais. ”, comemorou.

Já o comunicador Fernando Moreira apesar de nunca ter participado de uma prova oficial de corrida de rua, também se saiu muito bem e conseguiu superar o desafio, completando os 5 km sem muito esforço. Por ter uma rotina bem agitada, Fernando teve pouco tempo para se dedicar aos treinos, porém já praticava alguns esportes como futebol, futvôlei e tênis. Ele também pretende a partir de agora se dedicar mais às atividades físicas, principalmente aos treinos de corrida.

O empresário Rafael Cordeiro também não era um simpatizante das corridas, mas com o auxílio dos treinos na academia e do clube de corrida, que foi comandado pelo professor Gervásio Silva, acabou se adaptando e também completou os 5 km do desafio da RG+ com um sorriso no rosto e sensação de dever cumprido. “A experiência foi muito positiva, interessante por conta não só da parte esportiva, de saúde, mas também pelo clima muito bacana, leve, descontraído, onde possibilitou durante o treinamento e no dia da prova construir amizades, relacionamentos muito bacanas. Um evento que agrega também a família e pretendo continuar com certeza buscar objetivos e provas mais avançadas”, falou.

A grande surpresa e exemplo de superação do desafio da Feira Night Run Análise 2018 foi a participação do Dr. Fábio Teixeira, que antes de iniciar os treinos tinha sido acometido por uma bactéria, que o afastou totalmente das atividades físicas e profissionais. Assim que se recuperou, Fábio entrou no desafio, mas após um mês de treinamento adoeceu mais uma vez e teve que parar tudo por mais alguns dias. Quando foi dada como incerta a sua participação na corrida, o médico voltou com ainda mais disposição e focado na prova, conseguindo se preparar da mesma maneira que os outros participantes para o grande dia. Na prova, Fábio correu acompanhado do personal Marcílio Vieira, mas tirou de letra os 5 km e chegou comemorando como se houvesse levado a primeira colocação e principalmente celebrando a vida.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]