Feira de Santana: Aumenta o arrependimento por mudança de sexo, afirma vereador

Edvaldo Lima: Cada vez mais as pessoas se arrependem da mudança de sexo.

Edvaldo Lima: Cada vez mais as pessoas se arrependem da mudança de sexo.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (28/11/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Edvaldo Lima (PP) fez a leitura de uma matéria onde aponta o crescimento de pessoas que se arrependem da cirurgia para mudança de sexo.

“Subo a tribuna hoje para ler a matéria de um jornal Britânico, onde que diz: ‘Cada vez mais as pessoas se arrependem da mudança de sexo’. Médicos do Reino Unido falam sobre esse arrependimento, entretanto as tentativas de fazer estudos são censuradas. Se arrependem porque nunca vão construir família, pois foi Deus quem criou a família. Aqui em minhas mãos tenho a história de um garoto que mudou de sexo com 12 anos de idade. Algum juiz que esqueceu de ler a Bíblia e a Constituição do seu país foi quem deu essa autorização”, pontuou Edvaldo.

E continuou. “O homem nunca vai ter útero. Isso é só para as mulheres. Deus achou graça em Maria e através dela veio o filho de Deus, Jesus Cristo, que foi quem constituiu esse universo que vivemos”, disse fazendo a leitura de mais um trecho da história do garoto supracitado. “Ele nunca vai ser uma menina. Não vai parir nunca, pois Deus não permitiu ao homem parir e sim ter uma companheira para que tenham filhos”, disse.

Para finalizar, o edil ressaltou que Deus não é homem para mentir. “Ele é verdadeiro e não permite que o homem se torne mulher. Infelizmente, esse garoto agora quer se matar porque não encontrou a realidade que queria. Não sou homofóbico, mas sou contra essa troca incentivada pelo diabo”, findou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]