Estudantes participam de Encontro Territorial de projetos de Arte e Cultura em Feira de Santana    

O estudante Eric Galvão realizou apresentação teatral com destaque para a cultura regional.

O estudante Eric Galvão realizou apresentação teatral com destaque para a cultura regional.

Os estudantes de 42 escolas do Núcleo Territorial de Educação de Feira de Santana (NTE 19) iniciaram, nesta segunda-feira (12/11/2018), as apresentações da etapa regional dos projetos de Arte e Cultura, no Centro Cultural Amélia Amorim, em Feira de Santana. Neste primeiro dia aconteceram as apresentações dos alunos do Tempo de Artes Literárias (TAL) e do Festival Estudantil de Teatro (FESTE). A programação segue nesta terça-feira (13), com a Mostra de Dança Estudantil (DANCE) e exposição dos projetos de Artes Visuais Estudantis (AVE), Educação Patrimonial e Artística (EPA) e Produções Visuais Estudantis (PROVE). No último dia (14/11), ocorrem o Festival Anual da Canção Estudantil (FACE) e o Canto Coral Estudantil (Encante). O evento começa sempre às 13h.

A professora articuladora dos projetos estruturantes de arte e cultura do NTE 19, Juciara Santos, conta que o evento é uma grande celebração da cultura artística produzida na escola estadual. “A expectativa é que tenhamos um grande público nos três dias de apresentações, com uma média de 300 pessoas. Ao total serão apresentados sete projetos do TAL, FESTE e DANCE, além de oito músicas do FACE e nove do ENCANTE”, contou.

O estudante Eric Galvão, 17 anos, do 2º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Uyara Portugal, falou sobre sua apresentação no FESTE. “Sempre gostei de atuar e na escola tive oportunidade de desenvolver esse projeto. Também tivemos a chance de mostrar os valores da minha terra com destaque para o nosso folclore e abrindo mão de toda essa história mitológica do exterior que, quase sempre, não nos representam”, disse.

Ainda para a aluna do 9º ano do Ensino Médio, Ladjane Santos, 16, do Colégio Estadual Coriolano Carvalho, o evento é uma oportunidade de desenvolver suas habilidades em um aspecto mais de união e menos de competição. “Tenho certeza que o grande aprendizado de todos nós não é ganhar ou competir, mas poder se expressar de forma artística. Com o TAL, que participo pela primeira vez, pude escrever uma crônica que retrata um momento de minha vida e isso me ajudou bastante no aspecto pessoal”, relatou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]