Espetáculo ‘Sexo, Drogras e Axé Music’ encerrou a programação da Semana da Cultura de Feira de Santana

Cena do espetáculo 'Sexo, Drogas e Axé Music' que encerrou a programação da Semana da Cultura.

Cena do espetáculo ‘Sexo, Drogas e Axé Music’ que encerrou a programação da Semana da Cultura.

O Teatro Ângela Oliveira, do Centro de Cultura Maestro Miro, foi palco para a estreia da peça soteropolitana ‘Sexo, Drogas e Axé Music’ em Feira de Santana, dirigida e encenada pelo artista Roberto Castro. O nome do espetáculo brinca com a frase dos anos 60, ‘Sexo, Drogas e Rock in Roll’, fazendo uma ambientação do movimento. No sábado (10/11/2018), o público assistiu ao espetáculo de baianidade carregado de identidade, que fechou a programação da Semana da Cultura.

Cantor, cenógrafo, figurinista, ator e autor da peça, Roberto Castro, da Companhia de Um Homem Só, montou um roteiro no estilo Stand Up, utilizando referências que representam a Bahia, como trechos de grandes sucessos do Axé nas falas do seu personagem ‘Ramlet’, em uma configuração cômica de ‘Hamlet’, da obra de William Shakespeare, que tem em comum a tragédia. A estrutura multifacetada deu à apresentação formatos diferentes.

“A minha vida tem sido contribuir para a Cultura. São 33 anos de carreira, comecei junto com o axé e eu acho que a arte, principalmente o teatro, tem a função de cura, tratamento. Eu acredito que essa é a contribuição do teatro para o mundo, tentar melhorar as coisas em volta, fazer pensar e divertir”, expressou Roberto Castro.

Soldados do 35º BI estiveram presentes para prestigiar a apresentação. Segundo o soldado William Moreira Santos a analogia das drogas com o axé foi interessante. “A cultura é a identidade de um povo. A parte essencial de toda sociedade. É importante que sempre se divulgue, porque é possível moldar gerações”, declarou.

O diretor do Centro Cultural Maetro Miro, Luiz Augusto Oliveira, pontuou a responsabilidade de incentivo à cultura na cidade. “A atividade principal de fomento à cultura é o programa arte de viver, onde nós temos diversas oficinas. Nós temos um total de quase 200 turmas funcionando, a maior parte aqui no Centro Cultural Maestro Miro, mas também em outros locais da cidade como as praças CEU’s da Cidade Nova, Aviário e Jardim Acácia e em algumas Escolas do município”, afirmou Luiz Augusto.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]