COELBA e Banco do Nordeste celebram financiamento de R$ 800 milhões; Projeto ampliará oferta de energia para 415 municípios baianos

Logomarca da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA).

COELBA usa recurso financeiro público para realizar investimento. Empresa amplia lucros e dividendos dos acionistas, promove baixo investimento direto e não contribui para o fortalecimento da democracia investido em veículos de comunicação.

Dando continuidade ao plano de expansão dos investimentos, a Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), empresa do grupo Neoenergia, firma parceria com o Banco do Nordeste para viabilizar o projeto de ampliação e modernização do sistema elétrico da distribuidora no Estado. O contrato, no valor de R$ 800 milhões com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), é a maior operação já realizada pela instituição financeira na Bahia.

A cerimônia de assinatura do instrumento será realizada hoje (7), às 16h30, na sede da Coelba, situada na Avenida Edgard Santos, 300, Narandiba. Participarão da solenidade o superintendente financeiro da Neoenergia, Alex Monteiro; o diretor presidente da Coelba, Fulvio Machado; o diretor financeiro do Banco do Nordeste, Aloísio Carvalho Neto; o superintendente estadual da instituição financeira, José Gomes da Costa; além de outros executivos das empresas. Os investimentos vão beneficiar diretamente o consumidor final e também gerar empregos diretos e indiretos.

“Alinhado às diretrizes estratégicas do Banco do Nordeste, o projeto ampliará a oferta de energia no Estado e contemplará 415 municípios. O financiamento visa atender novas unidades consumidoras, decorrentes de crescimento do mercado, além da regularização de ligações clandestinas. Este investimento reforça o compromisso do BNB como fomentador do desenvolvimento regional e contribui para a dinâmica da economia local. Somente este ano já financiamos mais de R$ 3,5 bilhões em projetos de infraestrutura na Bahia”, comentou o superintendente estadual do Banco, José Gomes da Costa.

Para a Coelba esta contratação é muito relevante, pois reforça a confiança da companhia no mercado e possibilita o contínuo apoio ao crescimento do Estado, alinhado à sua estratégia financeira. “Com este financiamento será possível reforçar nossos investimentos na melhoria da qualidade do fornecimento de energia, trazendo maior satisfação para os nossos clientes”, afirma o diretor presidente da Coelba, Fulvio Machado.

FNE Infraestrutura

O Programa de Financiamento à Infraestrutura Complementar da Região Nordeste (FNE Proinfra) do Banco do Nordeste tem como objetivo promover a ampliação de serviços de infraestrutura econômica, dando sustentação às atividades produtivas da região Nordeste. Financia aquisição de bens de capital e implantação, modernização, reforma, relocalização ou ampliação de empreendimentos, incluindo as Zonas de Processamento de Exportação (ZPE), contemplando os setores de energia, oferta de água para uso múltiplo, infraestrutura de transporte e logística, saneamento básico, telefonia e exploração de gás natural.

Os prazos de pagamento são determinados em função do cronograma físico-financeiro do projeto e da capacidade de pagamento do beneficiário. Mais informações no site: www.bnb.gov.br.

Coelba

A Coelba, empresa do grupo Neoenergia, distribui energia elétrica a 5,9 milhões de unidades consumidoras e atende a 15,3 milhões de pessoas. É a terceira maior distribuidora do país em número de clientes e a sexta em volume de energia distribuída, de acordo com o ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgado em março de 2018. No Norte e Nordeste, é a distribuidora líder em volume de energia e clientes. Sua área de concessão é de 563 mil quilômetros quadrados e abrange 415 municípios baianos.

Baixo investimento direto

Observa-se que a COELBA usa recurso financeiro público para realizar investimento. Empresa amplia lucros e dividendos dos acionistas, promove baixo investimento direto e não contribui para o fortalecimento da democracia investido em veículos de comunicação.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).