+ Manchetes >

Casamento Coletivo celebra a união de 149 casais em Feira de Santana

17ª Edição do Casamento Coletivo de Feira de Santana uniu 149 casais no Ginásio de Esportes do Serviço Social da Indústria.

17ª Edição do Casamento Coletivo de Feira de Santana uniu 149 casais no Ginásio de Esportes do Serviço Social da Indústria.

O que para alguns pode significar somente uma ‘satisfação’ à sociedade, a oficialização da união matrimonial, com a troca do “sim”, teve um significado todo especial para a estudante feirense Raquel Alves Santos, 16 anos. Ao dar o importante passo e entrar para o rol dos casados, na manhã desta quinta-feira (08/11/2018), ela realizou um sonho de adolescente, ainda na própria adolescência, reafirmando o desejo de “viver para sempre ao lado da pessoa que eu amo”, Jéferson Barreto, 23 anos.

Ao lado de outros 149 casais, Raquel e Jéferson participaram da 17ª edição do Casamento Coletivo do programa Família Cidadã, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDESO) em parceria com a Justiça. O evento reuniu centenas de pessoas, dentre noivos, padrinhos e convidados, no Ginásio de Esportes do Serviço Social da Indústria (SESI), no Bairro Alto do Cruzeiro.

Gesseiro, Jéferson diz ter sido paixão à primeira vista ao dar início ao relacionamento com Raquel, uma história iniciada há três anos. “Agora, com nosso casamento, muda tudo em nossas vidas. Vamos terminar a construção de nossa casa e ter filhos”, afirma.

Raquel e Jéferson formaram o casal mais jovem a participar do Casamento Coletivo este ano. Além deles, a menor Monique Brito Sena, 17 anos, também se casou com Kevyn Pedreira da Fonseca.

Com um filho de oito anos e após 10 anos de convívio, o encarregado de montagem Brasiliano Ferreira dos Santos, 65 anos, finalmente cedeu aos desejos da companheira, a dona-de-casa Lucinalva Bispo de Araújo, 42 anos, e oficializaram a união matrimonial.

Mais velho casal a trocar o ‘sim’ na manhã desta quinta-feira, 08, durante o Casamento Coletivo 2018 promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDESO) em parceria com a Justiça, Brasiliano e Lucinalva levaram uma década de relacionamento amadurecendo a idéia da oficialização do casamento.

Eles chegaram ao consenso de que realmente havia chegado a “hora certa” de se casarem, mas faltava só um “empurrãozinho” para fazer frente às despesas com as custas processuais que eles não tinham como arcar. E, assim, conforme revelou a então noiva durante a cerimônia, “agarramos a oportunidade de casamento sem despesas, oferecida pela Prefeitura”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]