Valter Hugo Mãe compartilha experiências de vida e encanta público em Salvador

Bate-papo com o escritor Valter Hugo Mãe na Biblioteca Central do Estado da Bahia.

Bate-papo com o escritor Valter Hugo Mãe na Biblioteca Central do Estado da Bahia.

A Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/Barris) recebeu o escritor português Valter Hugo Mãe, na última quarta-feira (10/10/2018), para um bate-papo sobre suas obras, trajetórias, inspirações e vivências. O encontro foi mediado pelo também escritor Saulo Dourado que, de acordo com ele, “a literatura de Valter representa uma experiência de leveza e poesia que marcam nossa história de vida através da reflexão sobre o amor”, destacou.

Em tempos de disputas, embates e intolerâncias, Valter Hugo trouxe assuntos que tratam da condição humana a partir do amor e da união. Para ele, “os embates políticos que, às vezes, são desgastantes, devem acontecer com os políticos e não entre as pessoas, pois a união deve existir”, disse o escritor.

Para um público de aproximadamente 200 pessoas, Valter Hugo contou que seus livros são afinadores de sua vida que os fazem lembrá-lo dos seus sonhos em alguns momentos. Segundo o poeta, “os meus livros ‘salvam’ e ‘curam’ pessoas, pois estimulam a uma conexão com ela mesma”, afirmou o escritor.

No clima de contar sobre sua vida, de suas escolhas e experiências, Hugo estimulou reflexões sobre a valorização dos direitos humanos, da dignidade, da desumanização e afirmou “que não se deve excluir ninguém pela cor, raça ou etnia”, destacou ele.

A analista judiciária Andréa Barreto esteve na plateia e para ela “é uma oportunidade ouvir o Valter Hugo Mãe falando. Ele aborda as dores da vida de uma forma nova com particularidades e características próprias que nos conduzem a ter releituras de temas já falados por outras pessoas”, falou Barreto. Ainda segundo ela, “nesse momento, em especial, é uma oportunidade refletir sobre a compaixão que nos remete à nossa condição humana e ele incentiva isso, além de incentivar sermos melhores”, acrescentou a analista.

Para o diretor geral da Fundação Pedro Calmon (FPC), que foi a organizadora do evento, “para nós é um bálsamos ter o Valter Hugo participando de um bate-papo conosco. A Biblioteca Central oferece ao público uma programação que é de suma importância, uma vez que permite as pessoas refletirem que e possível viver com dignidade e com respeito ao outro”.

Josenilson Edington, engenheiro mecânico que, segundo ele, atravessou a cidade para participar do evento, disse: “acompanho o trabalho do escritor e fiz um esforço de vir. Ele traz uma palavra de amor com reflexões de relação interpessoais que acalma e é uma oportunidade ouvi-lo nesse momento que estamos vivendo”, destacou o engenheiro.

Em 2007, Valter Hugo atingiu o reconhecimento do público com a conquista do Prêmio Literário José Saramago com o segundo romance, o remorso de baltazar serapião (tudo em letra minúscula, característica marcante nos seus primeiros quatro romances).

O escritor também esteve presente na quinta-feira (11), na Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), acompanhado de Aleilton Fonseca e mediado por Zulu Araújo. O encontro teve como tema ‘Escritores em um mundo intolerante e deserto de compaixão’.

Sobre o autor

O escritor português se formou em direito, mas seguiu carreira na literatura, fazendo pós graduação em Literatura Portuguesa Contemporânea, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Foi fundador e editor da Quasi edições e da editora Objecto Cardíac. Valter Hugo Mãe se destaca pela variedade dos meios de expressão e de temáticas, que podem falar dos pequenos detalhes do cotidiano, dos problemas contemporâneos enfrentados por países como Portugal ou das paisagens da Islândia, combinando uma prosa apurada e histórias marcadas pela emoção.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]