+ Manchetes >

Prefeito Colbert Martins Filho reage a visita do governador Rui Costa à Feira de Santana e cobra por promessas não cumpridas, falta de conclusão de obras e falhas na prestação dos serviços de saúde

Colbert Martins Filho: É preciso ter respeito ao Município de Feira de Santana, isso aqui não é um curral eleitoral do governador, é um município com autonomia.

Colbert Martins Filho: é preciso ter respeito ao Município de Feira de Santana, isso aqui não é um curral eleitoral do governador, é um município com autonomia.

A ação política em conjunto com a entrevista coletiva concedida pelo governador Rui Costa (PT), durante encontro com prefeitos e lideranças regionais, ocorrido na segunda-feira (22/10/2018), não ficaram sem respostas do prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB) que, durante entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (23), discorreu sobre as promessas não cumpridas, falta de conclusão de obras e falhas na prestação dos serviços de saúde do governante petista, listando o Centro de Convenções, 312 homicídios ocorridos em 2018 em Feira de Santana, trem ligando Feira de Santana e Salvador, redução de leitos de emergência, Aeroporto João Durval, descumprimento do número de serviços prestados pela Policlínica Regional, além de severas falhas no atendimento hospitalar de emergência. “É preciso ter respeito ao Município de Feira de Santana, isso aqui não é um curral eleitoral do governador, é um município com autonomia”, disse o prefeito.

Na oportunidade, Colbert Filho reafirmou a relação de parceria com José Ronaldo (DEM), ex-prefeito de Feira de Santana, anunciou a suspensão do repasse de R$ 215 mil feito à Policlínica Regional de Saúde e cobrou participação da gestão municipal em auditoria na unidade de saúde, em decorrência de falhas no cumprimento do contrato com o Município.

O prefeito concluiu a entrevista coletiva anunciando apoio à Jair Bolsonaro (PSL/RJ) para presidente da República.  O que foi considerado como uma forma de demarcar oposição ao governador, na medida em que o mesmo esteve em Feira de Santana com a finalidade de conquistar apoio e convergir ações em defesa de Fernando Haddad (PT/SP) para presidente da República.

2020 em disputa

O encontro com a imprensa e o prefeito Colbert Martins pode ser considerado, também, como uma reação a saída do deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) do grupo liderado pelo ex-candidato a governador José Ronaldo (DEM). Ficando na terceira suplência da coligação que fez oposição ao Governo Estadual, Carlos Geilson foi confirmado como futuro membro do segundo Governo Rui Costa.

Outra abordagem do governador que causou contrariedade foi com relação ao deputado estadual eleito e vereador de Feira de Santana Everton Carneiro (Tom, Patriota), que afirmou ter conversado com Rui Costa, através de convite do senador eleito Angelo Coronel (PSD), para fazer parte da Bancada Governista na Assembleia Legislativa, declarando, na oportunidade, que deixava de ser liderado de Ronaldo, mas que continuava no apoio ao Governo Martins. O que foi observado como uma forma de garantir os empregos de indicados que mantém junto a Prefeitura.

Observa-se que a disputa eleitoral de 2018 se encerra no domingo (28) e que a próxima disputa política ocorrerá em âmbito municipal. Neste aspecto, os representantes políticos e líderes partidários começam a demarcar espaço e agenda.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).