Hospital da Mulher Maria Luzia terá Unidade de Alta Complexidade em Oncologia; unidade de saúde fica localizada em Salvador

Fachada do Hospital da Mulher localizado no Bairro de Roma, em Salvador.

Fachada do Hospital da Mulher localizado no Bairro de Roma, em Salvador.

Referência estadual no diagnóstico e tratamento dos principais agravos que acometem a mulher, o Hospital da Mulher Maria Luzia Costa dos Santos, unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) localizada em Salvador, terá serviços ampliados para transformar-se numa Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON). As obras para instalação do serviço de quimioterapia, que foram inspecionadas hoje pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, já estão em estado avançado. O serviço, que deverá ser entregue ainda em outubro de 2018, contará com 20 poltronas para infusão de quimioterápicos.

Além do novo serviço, que ampliará a assistência em oncologia, a unidade ganhará 27 novos leitos de enfermaria e outros dois mamógrafos digitais com estereotaxia, somando-se ao que já está em funcionamento no setor de bioimagem e ao instalado na unidade móvel do hospital, que percorre o interior do estado. “Essa ampliação vai garantir atenção integral à paciente oncológica dentro do próprio hospital e também a possibilidade de aumentar a capacidade de realização de cirurgias”, destacou Fábio Vilas-Boas.

Desde a sua inauguração, em setembro de 2017, o Hospital da Mulher já prestou mais de 160 mil atendimentos. Foram realizadas mais de 13.500 cirurgias e 450 mil exames laboratoriais e de bioimagem. Entre os procedimentos cirúrgicos mais realizados pela unidade, destacam-se, na área de mastologia, a mastectomia e setorectomia. Já na oncoginecologia, os procedimentos mais procurados são as histerectomias e cirurgias que tratam de patologias oncológicas relacionadas ao útero, colo do útero e ovários.

A unidade conta atualmente com 136 leitos, sendo 10 de UTI, e oferece, além de internação hospitalar, serviços de atenção às mulheres em situação de violência sexual (AME). A expectativa para 2019 é de ampliar fisicamente o hospital, para que venha comportar um acelerador linear (serviço de radioterapia).

No ambulatório, a unidade contempla os serviços diferenciados de alta resolução para diagnóstico e tratamento do câncer do colo do útero e de mama, além de planejamento familiar, mastologia, oncoginecologia, cirurgia plástica, urologia, cirurgia geral e reprodução humana/endometriose.

Para ser atendida no Hospital da Mulher, a paciente deve passar por uma avaliação na unidade básica do seu município para ser cadastrada no sistema Lista Única. A partir de então, será agendada uma consulta no Hospital da Mulher.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]