Feira de Santana: Vereadores tratam sobre área cercada e duplicação da BR-116 Norte

Roberto Tourinho: começou com propriedades, quadras, áreas institucionais e agora ruas estão sendo cercadas.

Roberto Tourinho: começou com propriedades, quadras, áreas institucionais e agora ruas estão sendo cercadas.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (29/10/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) informou que a Comissão de Obras da Câmara averiguou a informação de que uma rua foi cercada e anexada à uma propriedade particular e criticou a não disponibilização do projeto de duplicação da BR- 116 Norte.

“Na última quarta-feira (24) trouxe à esta Casa uma matéria publicada no Jornal Folha do Estado de que a Rua Panambi, situada no Bairro Parque Getúlio Vargas, estava sendo edificada por uma cerca por particulares. No dia seguinte, a Comissão de Obras foi ao local e constatou de que a cerca foi construída em volta de toda a rua e anexada à uma propriedade particular. Estarei encaminhando um Requerimento à Secretaria de Desenvolvimento Urbano para saber quais as providências estão sendo ou serão adotadas neste caso’, pontuou Tourinho.

Segundo o vereador, esta tem sido uma prática corriqueira em Feira de Santana. “Começou com propriedades, quadras, áreas institucionais e agora ruas estão sendo cercadas. Estivemos no local, tiramos fotografias e vamos solicitar da Secretaria competente as medidas adotadas para seja assegurado que estes atos não mais aconteçam. Não podemos continuar acompanhando o que está acontecendo em Feira’, garantiu.

Tourinho relatou mais que no projeto original da Avenida Artêmia Pires há ruas duplicadas, o que não mais poderá acontecer por conta das construções já existentes no local. “A avenida foi invadida por condomínios e casas de luxo e o Poder Público foi conivente com isso. Hoje, a avenida tem, seguramente, um grande número de condomínios e ruas e o Município está tendo que interligar ruas dela com a Nóide para que não fique estrangulada. Estão falando que vão duplicar a Artêmia. Vai duplicar como? Vão indenizar os condomínios? Isso é conversa fiada, é falácia. O Poder Público foi conivente e agora não há mais nada a fazer”, ressaltou.

Duplicação

Ainda no uso da tribuna, o vereador Roberto Tourinho (PV) voltou a falar sobre a duplicação da BR- 116 Norte. Segundo ele, o projeto da obra, solicitado pela Comissão de Obras da Câmara, ainda não foi apresentado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

“Estamos dando entrada em um Requerimento para solicitar da Secretaria de Desenvolvimento Urbano explicações sobre a duplicação da BR-116 Norte. Estivemos na Secretaria e o secretario nos informou que recebeu o projeto em pan drive, mas não abriu; que pediu à empresa que encaminhasse novamente e está esperando. Não acredito que uma cidade como Feira de Santana, uma obra como está, não tenha o projeto na secretaria competente para apreciação de obras. Aí, em breve, estaremos discutindo o mesmo que aconteceu com os bairros Viveiros e Feira X. Não se sabe o que vai acontecer com essa duplicação, onde serão construídas as passarelas, os retornos e mais’, disse.

Para finalizar, Tourinho disse que não está questionando a necessidade dessa obra, mas sim como ela vai acontecer. “O Município não pode prescindir, na omissão de poder concedente da obra, conhecer, opinar sobre as benfeitorias. Como presidente da Comissão vamos continuar cobrando’, findou.

Marcos Lima conhece o projeto de duplicação da BR- 116 Norte

Na sessão ordinária desta segunda-feira (29), na Câmara Municipal, o edil Marcos Lima (PRP) repercutiu o pronunciamento do colega Roberto Tourinho (PV) e disse ter dito acesso ao projeto de duplicação da BR- 116 Norte através da empresa que está realizando as obras.

“Feira de Santana precisa receber atenção especial para as obras que estão sendo realizadas. A duplicação da BR-116 Norte é importante, mas precisa que o projeto seja encaminhado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano para que todos tenham acesso. Entrei na empresa que está prestando serviço para a duplicação, onde foi nos apresentado o projeto e informado que está à disposição dos vereadores. Foi me apresentado o projeto e posso dizer que estão sendo construídos viadutos, passarelas e retornos, que serão próximos”, pontuou Marcos Lima.

Segundo o edil, foi também informado pela empresa responsável pelas obras de que o projeto já foi encaminhado para os membros da Comissão de Obras desta Casa, inclusive eu recebi e também para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, que acusou recebimento”, disse.

Em aparte, o vereador Roberto Tourinho afirmou que a informação dada pelo colega é grave. “Hoje é segunda-feira e até a última sexta-feira (26) a Secretaria de Desenvolvimento nos informou não tinha recebido esse projeto”, disse.

De volta com a palavra, Marcos Lima disse que é preciso averiguar os fatos. “Porque a empresa nos garantiu que já encaminhou o projeto para a Secretaria. Temos que verificar onde está o erro. Temos mesmo que fazer estes questionamentos, inclusive para que não aconteça o que aconteceu com o Bairro Viveiros. Vale lembrar que uma parte do Anel de Contorno ainda não teve a duplicação concluída. Recebi do Dnit a informação de que não haverá ligação da Rua Tomé de Souza, apenas um retorno”, informou.

Também em aparte, o edil Gilmar Amorim (PSDC) questionou se a comunidade da região onde haverá a duplicação da BR- 116 Norte tem conhecimento do projeto. “Porque se ela não tem conhecimento, peço ao vereador Tourinho que marque com urgência uma audiência pública. Entendo que todos precisam conhecer de perto esse projeto”, analisou.

Para finalizar, Marcos Lima disse que os colegas podem ter acesso ao projeto através da empresa responsável pelas obras. “Acredito que não precisamos ficar tanto tempo esperando resposta do Dnit ou da Secretaria de Desenvolvimento. Podemos voltar à empresa e apreciarmos o projeto”, findou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]