+ Manchetes >

Feira de Santana: Concerto Músicas Brasileiras emociona público no Centro de Cultura Amélio Amorim

Crianças e adolescentes do Núcleo Antônio Gasparini de Prática Musical participam do concerto Músicas Brasileiras.

Crianças e adolescentes do Núcleo Antônio Gasparini de Prática Musical participam do concerto Músicas Brasileiras.

Aproximadamente 80 crianças e adolescentes do Núcleo Antônio Gasparini de Prática Musical, um dos 13 núcleos da Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA), participaram na última sexta-feira (19/10/2018) do concerto Músicas Brasileiras no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana. O evento emocionou o público que lotou o teatro. Convidados especiais da Orquestra, músicos em geral e amantes da boa música esgotaram os ingressos já na véspera do Concerto.

Clássicos de compositores como Alceu Valença, Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga, Caetano Veloso, dentre outros nomes da música brasileira, especialmente do Nordeste, foram interpretados pelo Coro Formação e pela Orquestra Juvenil de Feira de Santana que contou também com a participação especial da cantora Pétala. O espetáculo foi dedicado a Feira de Santana numa atmosfera sonora de reflexão política e social, com uma singela homenagem ao mestre de capoeira assassinado Moa do Katendê.

O concerto Músicas Brasileiras é uma das atividades realizadas pelo Núcleo Antônio Gasparini que realizou diversas apresentações musicais desde 2015 e já alcançou um público de mais 1.500 pessoas. O Coro Formação e a Orquestra Juvenil de Feira de Santana fazem parte do núcleo que acolhe centenas de crianças de Feira de Santana e região circunvizinha.

De acordo com os organizadores, o concerto nasceu para facilitar o acesso da música orquestral a todos os públicos e devolver para a comunidade uma mostra do que é possível fazer pelos jovens da comunidade a partir da música. “Nossa atividade se torna fundamental quando vemos o encantamento das pessoas ao conhecerem como desenvolvemos esses jovens através do ensino da música”, declara o professor Eduardo Brito, diretor do Instituto Antônio Gasparini, instituição responsável pela parceria do Núcleo com a NEOJIBA.

O espetáculo contou com o patrocínio da OL Papéis, por meio de incentivos fiscais estaduais, e também com o apoio da Prefeitura de Feira de Santana e de outras instituições que abraçam o projeto, assim como voluntários de diferentes áreas que ajudam tanto o concerto quanto o Núcleo e o Instituto Antônio Gasparini.

Um pouco mais sobre o Núcleo, o Instituto e o NEOJIBA

O Núcleo Antônio Gasparini de Feira de Santana, com sede no Centro Social Urbano (CSU), no Bairro Cidade Nova, foi criado em 2014 para o desenvolvimento e a integração social de crianças, adolescentes e jovens por meio do ensino e da prática musical coletiva, a partir de uma parceria entre os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA) e o Instituto Antônio Gasparini (IAG). O núcleo já acolheu centenas de integrantes em toda a região de Feira de Santana e cidades circunvizinhas, desenvolvendo diversas ações ligadas à formação musical, como iniciação musical, canto coral, ensino coletivo de instrumentos, prática orquestral etc. Atualmente, o Núcleo conta com o patrocínio da OL Papéis por meio de incentivos fiscais estaduais.

Instituto Antônio Gasparini

O IAG é uma instituição sem fins lucrativos que promove a autonomia e o desenvolvimento humano a partir de atuações que dialogam com as políticas públicas de ação e justiça social.  O Instituto foi criado em 2012 e conta com uma equipe multidisciplinar e uma rede de voluntários que, juntos, promovem atividades culturais, lúdicas, artísticas e de assistência para crianças, adolescentes, jovens e idosos, especialmente em situação de risco social. Sua sede está localizada na Rua Lamarão, nº 01, Bairro Cidade Nova, Feira de Santana.

O programa NEOJIBA é um exemplo inovador de política pública que alia, de forma pioneira na Bahia, as áreas da cultura, da educação e do desenvolvimento social. Foi criado em 2007 pelo pianista, educador, regente e gestor cultural Ricardo Castro e sua gestão é realizada por uma organização social, o Instituto de Ação Social pela Música (IASPM). Os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia já beneficiaram cerca de 6,5 mil crianças, adolescentes e jovens, direta e indiretamente, desde a sua criação. Hoje são 13 núcleos atuando em diferentes regiões do estado, um deles encontra-se em Feira de Santana. Mais informações disponíveis no site: www.neojiba.org.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]