Estudantes norte-americanos se surpreendem com o planetário do Museu Parque do Saber de Feira de Santana

Intercambistas norte-americanos realizam visita ao Museu Parque do Saber.

Intercambistas norte-americanos realizam visita ao Museu Parque do Saber.

Em visita à Feira de Santana, através da Faculdade Adventista da Bahia, situada em Cachoeira, intercambistas norte-americanos conheceram o planetário do Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, na última segunda-feira (08/10/2018). Os estudantes se surpreenderam com a qualidade e tecnologia do equipamento ZKP4 Quinto.

Eles integram um grupo de estudantes de várias universidades dos Estados Unidos que estão no Brasil, há aproximadamente um mês, para aprenderem a língua portuguesa. Por intermédio do professor e coordenador dos cursos de línguas da Faculdade Adventista, Jean Magno R. do Ouro, os alunos tiraram suas dúvidas sobre o ZKP4Quinto e suas funções, e em seguida assistiram a um filme, no planetário.

O professor explica que para que conheçam outras línguas, também precisam entender a civilização. “Visitas como esta servem justamente para que participem da nossa cultura e a compreendam”, ressalta. Engenheiro e apaixonado por tecnologia, Jean Magno observa que um equipamento como o ZKP4 Quinto é um motivo de orgulho. “É importante mostrar que nós, brasileiros, temos nossas limitações mas também temos nossas tecnologias que são bastante diferenciadas”, completa.

Os estudantes vieram de estados diferentes dos EUA. Dois deles vieram de uma faculdade que fica no Tennessee, um deles vem de uma instituição que fica no Míchigan, e outro que veio de uma faculdade no Alabama. A Adventista trouxe um grupo com quatro alunos de diferentes cursos: pedagogia, computação, medicina e enfermagem.

A estudante de medicina, Maria José Barrios, 21 anos, fluente no espanhol, destaca a sensação de realidade que é proporcionada pelo planetário. “Já conheci um lugar quase igual, mas não com tanta tecnologia e realidade. Gostei muito do início, a lua, o sol, as estrelas. Foi muito real”, pondera.

“A parte técnica eu também apreciei bastante. É muito real a forma da amostragem dos corpos celestes. Tive a sensação de como se eu estivesse do lado de fora, olhando para um céu limpo”, conclui.

Os estudantes americanos assistiram ao filme ‘Kaluoka’hina: o recife encantado’, juntamente com estudantes agendados, da Escola Municipal Amenaide de Carvalho, situada na cidade de Santo Estevão.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]