+ Manchetes >

Espetáculo O Último Capítulo é apresentado no Espaço Cultural da Barroquinha, em Salvador

Cena do espetáculo 'O Último Capítulo'.

Cena do espetáculo ‘O Último Capítulo’.

Comemorando 15 anos de carreira, o premiado ator Danilo Cairo (Grupo Toca de Teatro) convida o público a pensar sobre as razões para permanecer vivo nos dias de hoje

Baseado no conto ‘Último Capítulo’, escrito por Machado de Assis em 1883, a montagem baiana incorpora à atmosfera tragicômica do texto um tom intimista, interativo e contemporâneo, que caminha sobre o terreno misterioso da representação do narrador-suicida Matias Deodato – um bacharel em Direito que se afirma como “um grande caipora, o mais caipora de todos os homens”, um azarado que acredita acumular na vida uma sequência de infortúnios que justificam a sua decisão. Para isso, Mathias decide montar um espetáculo de teatro com o objetivo de encenar o seu último dia, compartilhando com o público as histórias da sua vida e pensamentos sobre o sentido da existência, a metáfora da morte, as contradições do amor, as heranças da família e questionando o que vem a ser a felicidade e quais são os motivos que nós temos pra se manter vivos nos dias de hoje.

“Cansado e aborrecido, entendi que não podia achar a felicidade em parte nenhuma; fui além: acreditei que ela não existia na terra, e preparei-me desde ontem para o grande mergulho na eternidade. Será que a vida que a gente constrói não passa de um sonho? De um espetáculo?” pergunta-se a personagem.

A partir desse enredo, de passagens autobiográficas e de questões que abordam esperança, amizade, contradições, realização, sonho, vida e morte, o ator Danilo Cairo vai assumindo diversas subjetividades e tecendo sua relação com o universo machadiano e a plateia; entrelaçando ficção, memória e realidade.

“A primeira vez que li esse conto de Machado de Assis eu tinha 15 anos e estava começando a fazer teatro. Foi em uma aula de literatura na escola. Quando eu li o conto pensei na mesma hora: isso vai virar um espetáculo de teatro, essa história tem muitos elementos teatrais. Depois disso, guardei a ideia na gaveta e esperei o momento certo pra tirar de lá. Em 2018, 15 anos depois, completando 15 anos de teatro, tendo 30 de idade, entendi que tinha chegado a hora de colocar essa história no palco”, comenta Danilo Cairo.

Com direção de Kleber Sobrinho e Rui Manthur, o espetáculo reinventa o próprio conto, ao explorar a metalinguagem e as interfaces ficcionais que podem nascer das possíveis identidades, defendidas pelo intérprete, para recontar e mesmo recriar essa narrativa, como, por exemplo, transpor o local de nascimento do protagonista, Matias Deodato, de Corumbá (Mato Grosso do Sul) para o Recôncavo Baiano; ou ainda inserir memórias familiares que dialogam com as experiências da personagem. O texto é do próprio ator e do dramaturgo Daniel Arcades, vencedor na categoria Texto do Prêmio Braskem de Teatro 2016.

A obra propõe conectar essa história com dramas da atualidade e referências locais. Um olhar para a percepção da felicidade nos aspectos simples da vida. Sinalizar para a dimensão do que é contar com um amigo ou amiga em momentos limites da vida. Falar de aflições para quem sabe se fortalecer, renascer e transformar-se. Mudar e reconfigurar o caminho.

Agenda

O quê: Espetáculo O Último Capítulo

Quando: 26 e 27 de outubro, às 19:30 horas

Duração: 1 hora

Classificação: 14 anos

Onde: Espaço Cultural da Barroquinha

Endereço: Rua do Couro, s/ n – Barroquinha, Salvador

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]