Escritor Ticiano Leony lança seu quinto livro no restaurante Casa de Tereza, em Salvador

Capa do livro Cafundó -Tempo de Vingança do escritor Ticiano Leony.

Capa do livro Cafundó -Tempo de Vingança do escritor Ticiano Leony.

No próximo dia 18 de outubro de 2018, a partir das 18 horas, no restaurante Casa de Tereza, Ticiano Leony lança seu quinto livro. Batizado de Cafundó – Tempo de Vingança a obra foi dividida em 17 capítulos, a vingança é a base da trama.

Tudo começa com a fuga de um sertanejo da seca, indo de uma região ao norte de Alagoas, quase Pernambuco e chega à região sudoeste da Bahia onde reina o cacau. Vivendo literalmente destes frutos, tem com a filha de um cacauicultor de médio porte seis filhos, duas moças e quatro rapazes.

Para educar os filhos, o casal os envia para morar em Vitória da Conquista. Lá eles se transformam em ladrões de automóveis e de cargas de caminhões. Acabam descobertos por um casal jovem e resolvem, por influência de um deles, praticar uma “queima de arquivo”. Mas os jovens tinham família conhecida e querida. Amigos que promovem a vingança pela morte dos dois, eliminando toda a família, um a um.

“Ticiano Leony nos conta esta história como quem está numa varanda em noite chuvosa, ao lado dos seus ouvintes, trazendo de memória um grande caso. Assim acompanhamos a trajetória da família Macedo na zona rural de Vitória da Conquista, que consegue sair da pobreza deixando atrás de si um rastro de pólvora”, disse Saulo Dourado, que assina a orelha do livro.

De acordo com Ticiano Cafundó é qualquer lugar perdido entre vales de difícil acesso. No caso é uma alusão figurada a um lugar aonde a verdade não chegou, mas onde a vingança fez morada. Desenvolvido a partir de um caso de polícia jamais resolvido, envolve personagens imaginários para dar solução ao caso. “É uma obra de ficção, embora plausível. Sendo um livro curto, não há muito o que resumir sob pena de contar a história toda. Envolve amor, desprezo, ira, comiseração, desespero, lágrimas e fracassos. Há de ler, para entender até que ponto vai o rancor que alimenta a vingança”, disse o autor.

“As obras de Ticiano Leony apresentam um relevante contexto histórico e cultural, relatando com perfeição os costumes e a arquitetura social dos grapiúnas, com síntese apurada sobre hábitos alimentares, vida religiosa e familiar, expondo o comportamento de trabalhadores, fazendeiros, oficiais, profissionais liberais e um sem número de artífices da esfera popular, merecendo do leitor anotações que irão enriquecer seu pensamento”, disse a juíza de direito, Nícia Olga Andrade Dantas, que assina a orelha do livro.

De acordo com a juíza, o escritor retrata fielmente o linguajar regional e transmitindo ao leitor informações inéditas, é primoroso nos detalhes e nas descrições de fatos e do ambiente, da natureza exuberante e dos hábitos do cotidiano.

Este é o quinto livro de Leony, que é engenheiro formado pela Universidade Federal da Bahia, já foi fazendeiro e empresário.  O primeiro foi batizado “Baraqueçaba, casos do acaso”. O segundo “Orobó, o périplo apoteótico de um sertanejo assinalado”. O terceiro “Serinhaém – azul do mar profundo” e o quarto “Pirangy, um caso escuso”, todas publicadas e editadas pela Caramurê publicações.

“Ticiano é um escritor que com maestria permeia entre a ficção e a realidade. Seu talento entusiasma o leitor, fazendo que este mergulhe no seu universo criado ou real”, disse Fernando Oberlander da Caramurê Publicações.

Agenda

O quê: Cafundó -Tempo de Vingança

Quando: 18 de outubro, às 18 horas

Onde: Restaurante Casa de Tereza

Endereço: Rua Odilon Santos, 45 – Rio Vermelho

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]