+ Manchetes >

Eleições 2018: Sejamos adversários políticos, não inimigos, diz Dom Orani João Tempesta

Em vista das eleições, no Brasil, o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, envia mensagem de paz e menos ódio a todos eleitores: "que cada um possa ver sua responsabilidade de depositar seu voto naqueles que podem ajudar o país a caminhar melhor, e que o faça sem ódio no coração".

Em vista das eleições, no Brasil, o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, envia mensagem de paz e menos ódio a todos eleitores: “que cada um possa ver sua responsabilidade de depositar seu voto naqueles que podem ajudar o país a caminhar melhor, e que o faça sem ódio no coração”.

Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, que, nesta semana, participou do V Seminário de Comunicação no Centro de Estudos do Sumaré, concedeu entrevista ao Vatican News e abordou o tema das eleições neste domingo (07/10/2018). Segundo ele, o país está vivendo uma semana bastante polarizada, “muitas vezes não sobre temas políticos, mas por questões pessoais”, e às vezes até com posicionamentos violentos.

O arcebispo enviou mensagem de paz nas eleições, alertando para que não sejamos inimigos, mas adversários políticos, sem ódio e com paz. Dom Orani ainda sugeriu estudar e rezar para fazer boas escolhas e respeitar a decisão do irmão:

“Nós somos um povo que tem uma índole de conviver como irmãos e irmãs uns dos outros que podemos discordar dos partidos, na questão política, em como governar um país e ser adversário político, mas nunca inimigos uns dos outros. Nunca inimigos de ficarem com ódio uns dos outros, de perder amizades, de fazer o mal um para com outro. Isso é muito ruim. Esse aspecto desses ódios de nós contra eles entrou muito em nosso país e isso tem sido devastador. Isso não pode continuar. Esperamos que nesses dias as pessoas rezem e estudem sobre seus candidatos, façam as escolhas com tranquilidade e respeitem a escolha dos outros e, nós, respeitemos aqueles que forem escolhidos ou no primeiro e no segundo turno para presidente da República, governador dos estados, deputados federais e senadores, que são as eleições que teremos neste próximo domingo. Que cada um possa ver sua responsabilidade de depositar seu voto naqueles que podem ajudar o país a caminhar melhor e que o faça sem ódios no coração mas, ao mesmo tempo, pensando no bem do país e na necessidade de vivermos cada vez mais tempos melhores.”

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).