Eleições 2018: Fernando Haddad diz que ódio expresso por Jair Bolsonaro contra negros, gays, pobres e religiões vão conduzi-lo à derrota; Confira vídeo

Ato da virada por Fernando Haddad presidente da república, no Rio de Janeiro contou com apoio de Chico Buarque de Holanda e Caetano Veloso.

Ato da virada por Fernando Haddad presidente da república, no Rio de Janeiro contou com apoio de Chico Buarque de Holanda e Caetano Veloso.

O candidato do PT à presidência República, Fernando Haddad , endureceu o discurso contra o adversário Jair Bolsonaro , do PSL, durante ato nos Arcos da Lapa, no Centro do Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira (23/10/2018). Na oportunidade, ele criticou as declarações feitas pelo capitão da reserva, no Piauí, de que acabaria com o “coitadismo” no país.

— Jair, se olha no espelho, coitado é você. Você não passa de um soldadinho de araque que só fala grosso porque tem gente armada à sua volta — disse.

O petista também afirmou que Bolsonaro deveria contar com recursos da Câmara Federal para fazer tratamento psicológico e tentar encontrar o “caminho da felicidade”.

— Um sujeito desse deveria estar recebendo recursos da Câmara Federal para um tratamento psicológico. Ele deveria contar com ajuda de profissionais para encontrar alguma coisa feliz para dizer — afirmou.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).