+ Manchetes >

Eleições 2018: É preciso reunificar o Brasil e garantir a democracia, diz senadora Lídice da Mata; Parlamentar defende eleição de Fernando Haddad para presidente da República

Lídice da Mata: É preciso reunificar o Brasil sem negar os valores pelos quais o Brasil lutou muito para conquistar, que são a democracia, a liberdade de organização, de manifestação e de escolha, sem ferir o desejo da Constituição brasileira de que todos são iguais perante à lei.

Lídice da Mata: É preciso reunificar o Brasil sem negar os valores pelos quais o Brasil lutou muito para conquistar, que são a democracia, a liberdade de organização, de manifestação e de escolha, sem ferir o desejo da Constituição brasileira de que todos são iguais perante à lei.

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) criticou a falta de propostas concretas do candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, e sua campanha eleitoral que prega a violência. Em discurso no plenário do Senado, Lídice disse que “os pilares da Constituição brasileira não podem ser modificados, pois são pilares que garantem a democracia, a liberdade de culto, a liberdade de expressão, os direitos iguais entre homens e mulheres e a garantia do direito de crianças e adolescentes. São os pilares da Constituição cidadã”.

A parlamentar disse não acreditar “que um país que viveu e que vive uma experiência tão rica de democratizar-se, esteja disposto a apostar numa aventura de levar o País a decisões extremadas e de intolerância frente às manifestações das diferenças”, referindo-se à pregação do candidato em defesa de armar a população.

Lídice criticou ainda a falta de proposta econômica do candidato do PSL e sua defesa das privatizações, além da falta de participação dele nos debates eleitorais. Falou sobre a proliferação de fake news e disse que o povo precisa saber quais ideias os candidatos têm para a economia brasileira; quais caminhos a nação vai tomar; que os compromissos os candidatos têm para garantir a democracia firmada pela Constituição de 1988; e que projetos defendem para organizar a educação e a saúde do País.

“É preciso reunificar o Brasil sem negar os valores pelos quais o Brasil lutou muito para conquistar, que são a democracia, a liberdade de organização, de manifestação e de escolha, sem ferir o desejo da Constituição brasileira de que todos são iguais perante à lei. Esta é a Carta a que todos juramos lealdade”, afirmou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]