Eleições 2018: Deputado federal Antonio Lázaro defende unificação da oposição em torno do nome de José Ronaldo e criticou postura de Jutahy Magalhães Junior durante disputa ao Senado

Deputado federal Antônio Lázaro participou da entrevista coletiva concedida por José Ronaldo e defendeu unificação da oposição em torno do ex-candidato a governador.

Deputado federal Antônio Lázaro participou da entrevista coletiva concedida por José Ronaldo e defendeu unificação da oposição em torno do ex-candidato a governador.

Terceiro colocado na disputa ao Senado Federal durante pleito eleitoral de 2018, o deputado federal Antonio Lázaro (PSC/BA) participou na segunda-feira (08/10/2018), em Feira de Santana, da entrevista coletiva concedida por José Ronaldo (DEM/BA), candidato derrotado ao governo da Bahia. Na oportunidade, Lázaro declarou que, a partir de janeiro de 2019, apoia a unificação da oposição em torno do nome de José Ronaldo, com a finalidade de promover o enfrentamento ao governo Rui Costa.

Questionado se isso não poderia gerar conflito com ACM Neto (DEM/BA), Antonio Lázaro disse que o fato do prefeito ACM Neto ter desistido de enfrentar o petismo no estado fragilizou a oposição e que coube a José Ronaldo o papel de enfrentamento político.

Sobre aspectos internos da disputa eleitoral de 2018, o deputado federal lamentou a postura do colega Jutahy Magalhães Junior (PSDB/BA), que se recusou a gravar material de campanha e realizar atos em conjunto. Na avaliação de Lázaro, isso prejudicou o grupo oposicionista. Ele acrescentou que ACM Neto é amigo de Jutahy Magalhães, enquanto dele, Antonio Lázaro, é apenas colega político.

Sobre o segundo turno das eleições de 2018 para presidente da República, o deputado federal reafirmou compromisso em apoiar a campanha eleitoral de Jair Bolsonaro (PSL).

Sobre as eleições municipais de 2020 em Feira de Santana, o deputado federal declarou que vive na cidade há 10 anos e acalenta o desejo de participar da disputa como candidato à prefeito, mas que no pleito eleitoral municipal, em Feira de Santana, vai seguir a liderança de José Ronaldo.

Votações

José Ronaldo (DEM/BA) ficou em segundo lugar na disputa pelo governo da Bahia em 2018. Ele obteve 1.502.266 votos, ou seja, o equivalente a 22,26% dos votos válidos.

Antonio Lázaro (PSC/BA) não foi eleito senado e ficou em terceiro lugar na disputa eleitoral de 2018, obtendo 1.830.581 votos, ou seja, cerca de 15.37%, dos votos válidos.

Jutahy Magalhães Junior (PSDB/BA) não foi eleito senado e ficou em quarto lugar na disputa eleitoral de 2018, obtendo 948.541 votos, ou seja, cerca de 7,96%, dos votos válidos.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).