4ª etapa do Palco Giratório apresenta o espetáculo ‘Eles não usam tênis Naique’, em Feira de Santana

Cartaz anuncia o espetáculo 'Eles não usam tênis Naique' no Centro de Cultura Amélio Amorim.

Cartaz anuncia o espetáculo ‘Eles não usam tênis Naique’ no Centro de Cultura Amélio Amorim.

Indicado ao Prêmio Questão de Crítica 2015 nas categorias melhor elenco e melhor direção e tendo passado por festivais em cidades como Lisboa, São Paulo e Curitiba, Eles não usam tênis Naique, espetáculo da Cia. Marginal do Rio de Janeiro, desembarca em Feira de Santana no dia (14/10/2018), em sua circulação pelo Brasil através do projeto Palco Giratório.

Ambientado numa favela do Rio de Janeiro, Eles não usam tênis Naique tem como dispositivo dramatúrgico o conflito geracional entre Santo e Rose, pai e filha, através de suas relações em épocas distintas com o tráfico de drogas. Com cinco atores em cena, que se alternam nos dois papéis, a encenação explora a complexidade do tema do tráfico, encarando-o de diferentes perspectivas, do seu aspecto mais brutal à sua dimensão afetiva. Nesse jogo cênico, em que nenhuma posição é fixa, os atores ainda encontram espaço para debater a questão de sua própria perspectiva, expondo, através de intervenções autobiográficas que perfuram a trama fictícia, a maneira particular como o tráfico atravessa suas vidas.

Com texto inédito e premiado de Marcia Zanelatto, sob intervenção dramatúrgica do próprio grupo, o espetáculo tem direção de Isabel Penoni, cenário assinado pelo artista plástico Guga Ferraz e direção musical do músico-percussionista Thomas Harres – que proporciona uma trilha sonora eletroacústica, executada ao vivo, explorando também as relações das margens na musicalidade.

Cia Marginal

Criada em 2005 na Maré, o maior complexo de favelas do Rio de Janeiro, a Cia Marginal reúne artistas de dentro e fora da comunidade, engajados na construção de uma cena que se reflete sobre a cidade a partir da periferia. Com quatro espetáculos em seu repertório – Qual é a nossa cara? (2007), Ô, Lili (2011), InTânsito (2013) e Eles não usam tênis naique (2015) –, tem a maioria de suas criações em laboratórios de pesquisa em contextos situados (favelas, presídios, estações de trens), resultando em um projeto artístico de intervenção e reflexão sobre a cidade a partir de um ponto de vista específico: suas margens, bordas, seus espaços limites e periféricos. A companhia ocupa hoje espaço fundamental na cena contemporânea do Rio de Janeiro, tendo recebido em 2014 uma moção de louvor de sua Câmara Municipal por “representar o engajamento do teatro nos dias atuais”.

Elenco

Geandra Nobre, Jaqueline Andrade, Phellipe Azevedo, Rodrigo Souza, Wallace Lino

Texto, Márcia Zanelatto; Intervenção dramatúrgica, Cia Marginal; Direção, Isabel Penoni; Trilha sonora original, Rodrigo Souza e Thomas Harres; Iluminação, Pedro Struchiner; Cenário: Guga Ferraz; Figurinos, Raquel Theo; Produção, Mariluci Nascimento; Fotos, Ratão Diniz; Assistente de Fotografia, Aline Oliveira.

Agenda

O que: Espetáculo ‘Eles não usam tênis Naique’

Quando: 14 de outubro, às 18 horas

Onde: Centro de Cultura Amélio Amorim

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]