Última etapa da Mostra Devires promove ações artísticas que evidenciam a diversidade de existências

Maria Tuti Luisão performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi.

Maria Tuti Luisão performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi.

O projeto ‘Devires’ realiza sua terceira e última etapa, concluindo uma série de ações artísticas que propõem um exercício de desnaturalização das relações entre sexo, gênero, visualidade, raça e poder. A mostra segue com mais quatro performances, uma mesa de debate, uma oficina e um show de encerramento, na perspectiva de fazer da arte instrumento de questionamento e fortalecimento mútuo, afirmando a diversidade de corpos, defendendo sua liberdade e urgindo pela dignidade de vozes silenciadas. A programação acontece de 27 a 29 de setembro de 2018 no Goethe-Institut Salvador, aberto ao público.

A mostra se fundamenta, essencialmente, em transgredir, transmutar e subverter qualquer ação que aprisione identidades e personalidades. Coloca em xeque as lógicas hétero e cisnormativas, o machismo, o patriarcado, o racismo, as censuras. Indivíduos na militância artística por uma cidadania mais coletiva e por uma micro política que possa ir penetrando, dia a dia, nas condições de autonomia, intimidade e proteção de todos e todas. A curadoria de Paola Marugán e Juliana Vieira traz, portanto, o corpo para o centro do discurso, abrindo olhar para outros mundos possíveis.

O encerramento do projeto apresenta show da Banda Verona’s formada por quatro mulheres negras e multi-instrumentistas advindas de bairros populares da cidade. A sonoridade flerta com jazz, rock e com a malemolência musical e ancestral da Bahia em seu além-mar, inspirada no corpo feminino, na literatura, na vida diária e popular.

Contemplado pelo Edital de Dinamização de Espaços Culturais, com apoio financeiro do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, “Devires” faz da sua casa o Goethe-Institut. O projeto teve sua primeira etapa de 12 a 17 de julho e a segunda, de 9 a 11 de agosto, chegando agora à etapa final, contabilizando então um total de 13 performances, três mesas de debate, três oficinas, uma exposição, uma festa de abertura e um show, com a participação de 24 artistas/militantes da Bahia, do Brasil e do exterior.

Confira a programação

27 de setembro

De 9 às 13 horas: Oficina ‘Território Corpo, Território Terra: oficinação feminista’, ministrada por Damiana Bregalda e Luiza Dias Flores (RS), com 15 vagas.

Às 20 horas: Performance ‘Neblina Canibal’, de Maikon K (PR).

28 de setembro

De 9 às 13 horas: Oficina ‘Território Corpo, Território Terra: oficinação feminista’, ministrada por Damiana Bregalda e Luiza Dias Flores (RS), com 15 vagas.

Às 20 horas: Roberta Nascimento (BA) apresenta ‘Obra em Construção’

 29 de setembro

Às 16 horas: Mesa de debate: ‘Estar Juntas, Sentir Juntas, Construir Juntas’ com Emanuelle Silva (BA), Luise Reis (BA) e Luiza Dias Flores (RS) e mediação de Viviane Vergueiro Simakawa (BA).

Às 19 horas, Maria Tuti Luisão (DF/BA) performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi’.

Às 20 horas, Sara Elton Panamby (SP/MA) com ‘REBENTAÇÕES: MOVIMENTO #1 dilatação (repartir)’.

Encerramento

Às 21 horas – show da Banda Verona’s (BA).

Agenda

O que: Projeto ‘Desvire’

Quando: 27 a 29 de setembro

Onde: Goethe-Institut

Endereço: Av. Sete de Setembro, 1809 – Corredor da Vitória

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]