Tribunal de Justiça da Bahia presta homenagem póstuma à José Augusto Dias da Silva; conhecido como Jads, ele atuou como empresário em Feira de Santana e produtor rural em Camamu

José Augusto Dias da Silva (Jads) foi um destacado empresário de Feira de Santana e produtor rural de Camamu, viúvo de Lucy Oliveira e pai de Carlos Augusto, Luís Cláudio e José Augusto Junior.

José Augusto Dias da Silva (Jads) foi um destacado empresário de Feira de Santana e produtor rural de Camamu, viúvo de Lucy Oliveira e pai de Carlos Augusto, Luís Cláudio e José Augusto Junior.

Em sessão plenária do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), ocorrida nesta quarta-feira (26/09/2018), o desembargador Baltazar Miranda Saraiva propôs “Moção de Pesar pelo falecimento do ilustríssimo senhor José Augusto Dias da Silva, externando os votos de mais profundo pesar e solidariedade à família enlutada”. A homenagem póstuma foi aprovada à unanimidade dos membros da corte de justiça.

Íntegra da Moção de Pesar apresentada pelo desembargador Baltazar Miranda Saraiva

— Submeto à apreciação dos meus ilustres pares, membros deste Egrégio Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, a presente MOÇÃO DE PESAR pelo falecimento de José Augusto Dias da Silva, carinhosamente chamado de Jads pelos amigos e correligionários, ocorrida nesta madrugada de 25 de setembro de 2018, no Hospital Tereza de Lisieux, em Salvador.

— O ilustre morto era viúvo da senhora Lucy Oliveira da Silva com quem, em vida, comandou uma empresa do setor de fotografia e vídeo na cidade de Feira de Santana. O casal tinha três filhos: Luis Cláudio da Silva Júnior, José Augusto Dias da Silva Júnior e Carlos Augusto Oliveira da Silva, este último jornalista e diretor do Jornal Grande Bahia, de Feira de Santana. O falecido tinha 75 anos e morreu em decorrência de complicações cardíacas ocorridas durante o seu internamento hospitalar.

— Parafraseando o jornalista Carlos Augusto, que por ocasião do falecimento de sua genitora dedicou-lhe, praticamente, uma ode de amor e tristeza, não se pretende compartilhar a dor por tão grande perda, mas registrar a grandeza desse ser humano que ora nos deixa a caminho dos céus. E como no firmamento existem estrelas que orientam nosso destino, cada uma delas é uma estrela-guia para cada um de nós. A de José Augusto Dias da Silva apareceu-lhe quando do seu nascimento, crescendo e diminuindo ao dirigir a vida.

— Agora ele se foi, sua estrela o acompanhará na subida, rumo ao firmamento, formando um arco-íris, uma ponte entre o céu e a terra. Muito do que se passa no mundo pode dar a impressão de acontecer por acaso, embora saibamos que não é bem assim, pois tudo é fruto da vontade de Deus.

— Assim, através desta Moção, externamos votos de profundo pesar por tão doloroso evento, que nos fez perder a convivência de um ser humano extraordinário, conhecido e querido por todos, deixando irreparável lacuna no seio da família e dos amigos.

— Este Tribunal de Justiça da Bahia não poderia deixar de prestar essa singela homenagem póstuma à família do ilustre morto, apresentando publicamente nossos sentimentos de pesar e solidariedade nesta hora de dor e de tristeza.

— Aprovada esta MOÇÃO, dê-se ciência aos familiares do ilustre morto e ao Jornal Grande Bahia, em Feira de Santana.

Salvador, quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Baltazar Miranda Saraiva, desembargado do Tribunal de Justiça da Bahia

Leia +

Morre José Augusto Dias da Silva; conhecido como JADS, o empresário aposentado de Feira de Santana e produtor rural em Camamu atuou com dignidade e trabalho ao longo da vida

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]