+ Manchetes >

Presidente Donald Trump rebate crítica do líder de maior sindicato dos EUA no Dia do Trabalho

Donald John Trump, presidente dos Estados Unidos da América (EUA).

Donald John Trump, presidente dos Estados Unidos da América (EUA).

O presidente norte-americano, Donald Trump, respondeu nesta segunda-feira, quando é comemorado o Dia do Trabalho nos Estados Unidos, à crítica do líder da maior federação de sindicatos do país, Richard Trumka, de que suas políticas estariam prejudicando os trabalhadores.

Trumka, que lidera a Federação Americana de Trabalho e Congresso de Organizações Industriais (AFL-CIO, na sigla em inglês), disse no domingo à emissora Fox News sobre as políticas de Trump: “Infelizmente, até hoje, as coisas que ele fez para prejudicar os trabalhadores superam o que ele fez para ajudar os trabalhadores”.

O presidente da AFL-CIO mencionou mudanças no código tributário que encorajam companhias a terceirizar funcionários, a incapacidade do governo de produzir um programa de infraestrutura e a revogação de regulações, incluindo algumas que protegiam a saúde e segurança dos trabalhadores.

Nesta segunda-feira, quando é comemorado o Dia do Trabalho nos Estados Unidos, Trump escreveu no Twitter que Trumka havia representado mal seu sindicato.

“Algumas das coisas que ele disse foram tão contra os trabalhadores e trabalhadoras do nosso país, e o sucesso dos Estados Unidos em si, que é fácil ver porque os sindicatos estão indo tão mal”, escreveu Trump.

Em outros tuítes, Trump elogiou o crescimento econômico do país, acrescentando: “O trabalhador na América está indo melhor do que nunca”.

*Por Michelle Price da Agência Reuters.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]