Feira de Santana: vereador se defende de críticas sobre falta de acesso ao Conjunto Viveiros

José Menezes (Zé Filé): o Governo Municipal deu as costas quando autorizou o fechamento de acesso dele a outros bairros.

José Menezes (Zé Filé): o Governo Municipal deu as costas quando autorizou o fechamento de acesso dele a outros bairros.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (04/09/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador José Menezes Santa Rosa (Zé Filé, PROS) repercutiu os discursos de Antônio Carlos Passos Ataíde (Carlito do Peixe, DEM) e Cadmiel Pereira (PSC), todos relacionados à falta de acesso do Conjunto Viveiros.

“Quero responder a Carlito que disse que o bairro Viveiros não está abandonado e isolado. Digo que o Governo Municipal deu as costas quando autorizou o fechamento de acesso dele a outros bairros. A Via Bahia não tem culpa de nada, pois quem autoriza as obras é o Município”, pontuou.

E buscou debater o discurso do colega Cadmiel Pereira que questionou porquê Filé não cobrou esta obra do Governo passado. “Eu não tenho o que cobrar dos candidatos passados, se na eleição passada eu votei no grupo deles, que foi derrotado. Hoje, eu tenho como cobrar dos deputados e senadores que aí estão. Sou liderado por Fernando Torres e mesmo sem mandato continuará sendo meu líder, pois ele está sempre presente na cidade e ajudando. Ele sim é um político de verdade”, analisou e continuou.

“Hoje, posso dizer que tenho amizade com Otto Alencar e com seu filho, que será o deputado federal mais votado, Otto Filho. Eu sei que quando precisar tenho a quem pedir e a quem cobrar. Acredito que Ronaldo não terá coragem de pedir votos no Viveiros, pois fechou o bairro”, disse.

Filé aproveitou ainda para fortalecer os nomes que têm seu apoio nestas eleições beneficiarão a cidade. “Meus candidatos ao Senado e Câmara Federal darão respaldo para Zé Filé soltar o povo do Viveiros que mandaram prender. O antigo gestor fica dando uma de bom porque fez uma pavimentação aqui ou ali, mas não fez mais que sua obrigação. Quero saber que quase 20 anos se passaram e nada foi feito pelo Viveiros. Espero que o atual prefeito seja diferente mesmo, para que não seja mais uma coisa ruim para Feira de Santana”, disse.

Em aparte, Cadmiel afirmou que Senador não tem que levar benefícios porque é amigo de vereador. “Tem que fazer porque é obrigação e Otto não apareceu aqui durante todo seu mandato. Tem obrigação de andar e fazer valer. Espero que os futuros senadores trabalhem por nossa cidade”, pediu.

Para finalizar, Filé questionou como um senador vai saber o que a cidade está precisando, se não tem nela ninguém para lhe passar os anseios. “Têm documentos enviados a ele para tratar das necessidades? O único culpado foi seu prefeito, que fechou o bairro. O senador tem obrigação de fazer, mas precisa ser informado da necessidade”, findou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]