Eleições 2018: Em Tanquinho, governador Rui Costa conclui maratona de 21 cidades em cinco dias

Governador Rui Costa discursa durante ato de campanha eleitoral em Serrinha.

Governador Rui Costa discursa durante ato de campanha eleitoral em Serrinha.

“A elite brasileira não assume publicamente, mas tem preconceito contra os nordestinos, e o povo está com saudade do Lula. Não só da pessoa do Lula, mas do que ele fazia pelo povo, das ideias do Lula e da forma de governar.” A fala é do governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, em discurso hoje (03/09/2018), em Nova Fátima, finalizando mais uma caravana vitoriosa pelo interior da Bahia. Na estrada desde a última quinta, na terceira etapa da Correria pela Bahia, Rui fechou o roteiro visitando 21 cidades dos territórios de identidade Bacia do Rio Grande, Bacia do Jacuípe, Metropolitano, Semiárido Nordeste II, Litoral Norte e Agreste Baiano. “Já fomos em 58 cidades, mas quero chegar a 120, nas sete semanas dessa curta campanha”, detalha o petista.

Caminhadas e discursos de pé sobre a carroceria de uma camionete, como nos velhos tempos de sindicalista do Polo Petroquímico, Rui seguiu lado a lado com correligionários de muitos dos 14 partidos que compõe a coligação (PT, PSB, PSD, PP, PC do B, PR, PDT, PRP, PMB, PTC, PMN, Podemos, Avante e Pros), além dos candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e a senador, Jaques Wagner (PT). O candidato Angelo Coronel hoje não participou por recomendação médica.

Primeiro foi Capim Grosso, com especial destaque pela forte presença feminina, seguida de São José do Jacuípe (Itatiaia), Gavião, Nova Fátima, Riachão do Jacuípe, terminando a jornada com caminhada e ato público em Tanquinho. Na quarta-feira, Rui volta às ruas, em Salvador, para caminhada no bairro do Uruguai, com concentração marcada às 15h30, no Largo dos Mares.

Marca consagrada na campanha 2018, as redes sociais continuam assumindo importância fundamental, de interesse recíproco. Se por um lado o candidato interage intensamente com os internautas pelas diversas redes, em contraponto, a disputa por tirar selfies com Rui ‘pra compartilhar’ virou uma febre. “O abraço, o carinho e olho no olho me enchem de energia, mas não podemos abrir mão de compartilhar o bem em um mutirão pelo Facebook, Instagram e ‘zap zap’, pra eleger o 13 de Lula, no Brasil e na Bahia”, convoca o candidato.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]