+ Manchetes >

Eleições 2018: Em Eunápolis, José Ronaldo denuncia abandono da UPA

José Ronaldo participa de ato de campanha eleitoral em Eunápolis.

José Ronaldo participa de ato de campanha eleitoral em Eunápolis.

“Dói no meu coração ver a população sem assistência médica e um prédio, construído com R$ 1 milhão, fechado. O povo baiano não merece isso”. Essa foi a reação do candidato ao governo pela coligação Coragem para Mudar a Bahia, Zé Ronaldo, ao ouvir relatos de diversos moradores de Eunápolis sobre a situação da saúde no município, que teve uma UPA recuperada e logo depois abandonada pelo governo do PT. Ele se comprometeu a colocar a unidade em funcionamento assim que assumir o governo do estado, em janeiro, e disse que fará uma apuração profunda sobre a irresponsabilidade do atual governador.

Zé Ronaldo, acompanhado pelo prefeito de Salvador ACM Neto e o vice-prefeito, Bruno Reis, da candidata a vice, Mônica Bahia, além dos candidatos ao senado Jutahy Junior e Irmão Lázaro, participou de carreata na cidade, localizada no extremo-sul baiano e foi abordado por dezenas de moradores sobre as dificuldades para a população conseguir assistência médica. A situação do Hospital Regional, é drástica, faltam leitos, remédios e médicos qualificados. Mais de 1 milhão investido na UPA 24h que nunca foi aberta e está abandonada. “A unidade encontra-se com muito mato e paredes rachadas; os equipamentos estão se estragando pelo tempo, a exemplo de um gerador de alta potência, móveis e equipamentos médicos; agora, precisa de mais 400 mil para reforma. Não podemos aceitar esse abandono”.

“A saúde aqui em Eunápolis está de mal a pior. Todo dia tem gente precisando da regulação e o nosso hospital regional não funciona. A quantidade de leitos é insuficiente. Quando o paciente consegue se internar, falta remédio e médico. O estado precisa rever essa situação. Não podemos continuar sem assistência médica”, reclamou a dentista, Manoela Ferreira, 34 anos.

O professor Pedro Lucas, 44, relatou um fato ocorrido com sua família: “É uma vergonha! Minha mãe precisou há uns seis meses fazer um exame e tive que fazer uma vaquinha com meus irmãos. Ninguém consegue fazer exames pelo SUS. Quem pode, paga e detecta o que tem. Quem não pode, fica penando”. O Hospital Regional é o único da cidade que atende casos graves e está superlotado, pacientes esperam, às vezes, um dia inteiro para serem atendidos. Além disso, a população não consegue marcar nenhum exame pelo SUS, pois os contratos com os laboratórios não foram renovados.

Zé Ronaldo ouviu atentamente os moradores e garantiu que vai dar um basta à situação de abandono. “Gastaram tanto para construir a UPA e a deixaram abandonada. Nunca foi aberta. Poderia estar funcionando e desafogar o Hospital Regional, que está superlotado. O governo do PT deixou os serviços essenciais de lado”. Mais de 300 veículos acompanharam a carreata por mais de 15 km pelas ruas de Eunápolis. Presentes, a candidata a deputada estadual Cordélia; os deputados federais Elmar Nascimento e Uldurico Junior e o ex-prefeito Paulo Dapé.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]