Eleições 2018: Em campanha em Juazeiro, Angelo Coronel recebe o apoio de Haddad para a revitalização do São Francisco

Em campanha em Juazeiro, Angelo Coronel recebe o apoio de Haddad para a revitalização do São Francisco.

Em campanha em Juazeiro, Angelo Coronel recebe o apoio de Haddad para a revitalização do São Francisco.

O candidato ao Senado na Coligação MAIS TRABALHO POR TODA A BAHIA, Angelo Coronel, recebeu hoje (22/09/2018), em viagem aos municípios de Juazeiro e Petrolina, na Bahia e em Pernambuco, respectivamente,  o compromisso do candidato à Presidência da República, Fernando Haddad, de lutar pela revitalização do Rio São Francisco, batalha que já é encampada pelo senador Otto Alencar, em Brasília. “É preciso refletir e debater sobre esse problema, sobre a crise do rio São Francisco, maior riqueza da Bahia, de Minas, do semi-árido baiano. Precisamos de uma corrente para salvar o Velho Chico. Já gastamos R$ 10 bilhões na transposição e nenhum centavo na revitalização. O Rio Pajeú – que ia ‘desaguar no São Francisco’, segundo a música de Luiz Gonzaga e Zé Dantas, está completamente seco. Precisamos investir para que o São Francisco não vire o Pajeú: um leito seco, um rio sem vida”, disse Angelo Coronel.

O compromisso público, ao pedido de Angelo Coronel, foi dado pelo candidato Fernando Haddad (PT) às margens do Velho Chico, na orla de Juazeiro, depois de uma caminhada com milhares de pessoas pelas ruas de Juazeiro e de Petrolina. “Assumo um compromisso público, com o Nordeste, com Juazeiro, com Petrolina, e com o nosso candidato a Senador, Angelo Coronel, de assumir a luta em defesa do Rio São Francisco. Vamos trabalhar pela revitalização do rio, pela preservação de sua nascente, e das nascentes de seus afluentes, porque o Nordeste é a grande locomotiva deste país, como é o São Francisco, que precisa estar vivo, garantindo água e energia para o povo”, enfatizou Haddad.

Angelo Coronel diz que também vai trabalhar para sustar em Brasília, ao lado de Jaques Wagner e Otto Alencar, todas as iniciativas que visem à privatização da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) e a adoção imediata de um projeto, por parte do Governo Federal, que promova a revitalização do Rio São Francisco, como forma de evitar o gradual processo de sua morte. “Apoiarei o projeto de transposição, condicionado à um grande investimento na revitalização e despoluição do São Francisco. Esta são bandeiras de luta inegociáveis do meu mandato no Senado Federal, com o apoio e o voto do povo baiano”, disse Coronel.

Angelo Coronel diz que endossa o pensamento do senador Otto Alencar de que é preciso recuperar antes de fazer a transposição do Velho Chico. “Fazer a transposição sem a revitalização do São Francisco é o mesmo que tirar sangue de um paciente anêmico, quase morto. O rio recebe cerca de 28 bilhões de toneladas/ano de terra pelo assoreamento e desmatamento de suas margens. Durante os quatro anos de seu mandato, o senador Otto Alencar já alocou R$ 600 milhões em emendas para a recuperação do rio. Mas esta não é uma causa da Bahia, mas de todo o Nordeste brasileiro”, disse o candidato ao Senado pelo PSD, número 555.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]