Eleições 2018: Descumprimento de ‘Medida Provisória’ será tratado como violação aos Direitos Humanos, diz Sarah Cleveland vice-presidente do comitê da ONU, ao abordar julgamento do TSE contra ex-presidente Lula

Sarah Cleveland: diz que o descumprimento é considerado “violação” ao Protocolo Adicional e pode trazer sanções ao Brasil por violação aos Direitos Humanos.

Sarah Cleveland diz que o descumprimento é considerado “violação” ao Protocolo Adicional e pode trazer sanções ao Brasil por violação aos Direitos Humanos.

A vice-presidente do Comitê de Direitos Humanos da ONU classificou como “lamentável” o desrespeito brasileiro aos direitos políticos de Lula. Em entrevista ao site do jornal Estadão, Sarah Cleveland criticou o descaso do Tribunal Superior Eleitoral em relação ao documento que garantia ao petista participação plena nas eleições.

“A ação do Brasil é muito lamentável”, disse Sarah Cleveland ao repórter Jamil Chade. Ainda de acordo com a reportagem, o descumprimento é considerado “violação” ao Protocolo Adicional e pode trazer sanções ao país. “Se a situação continuar como tal, o Comitê comunicará isso ao governo em seu devido tempo”.

“A ação apropriada para o Brasil, se discordava das medidas provisórias ou tivesse um contra argumento, seria de submetê-los ao Comitê, junto com um pedido para que as medidas provisórias fossem suspensas, e não argumentar que os tribunais domésticos não devem seguir as medidas cautelares”, explicou.

O TSE ignorou a determinação e negou o registro de candidatura a Lula por 6×1, descartando o caráter vinculante do acordo firmado em 2009. Dos sete ministros, somente Edson Fachin votou por cumprir a determinação. Diante disso, a defesa do ex-presidente enviou um pedido para que o Comitê se manifeste sobre o descaso das autoridades.

O Supremo Tribunal Federal também foi notificado.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]