Eleições 2018: Boicotou o SAMU e cortou cirurgias, diz deputado Jorge Solla sobre José Ronaldo

Jorge Solla: é muito proselitismo, é tentar apostar na ignorância da população. Se agiliza a fila de regulação ampliando serviços, com investimentos em novos hospitais, aumentando número de leitos.

Jorge Solla: é muito proselitismo, é tentar apostar na ignorância da população. Se agiliza a fila de regulação ampliando serviços, com investimentos em novos hospitais, aumentando número de leitos.

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) ironizou as recentes declarações do candidato a governador pelo DEM, Zé Ronaldo, que tem prometido aos eleitores zerar a fila de regulação no setor da saúde estadual.

“É muito proselitismo, é tentar apostar na ignorância da população. Se agiliza a fila de regulação ampliando serviços, com investimentos em novos hospitais, aumentando número de leitos. Foi o que mais fizemos nos últimos 12 anos: dez novos hospitais que mais que triplicaram os leitos de UTI. Entre eles, o Hospital da Criança, em Feira. Já Zé Ronaldo, como prefeito, boicotou o SAMU 192 e cortou cirurgias ortopédicas. Trabalhou na contramão”, destaca o petista, que foi secretário de Saúde nos governos Jaques Wagner.

Solla recorda que ingressou com representação no Ministério Público (MP-BA) contra Zé Ronaldo devido ao descumprimento de acordo, firmado na Comissão Intergestores Tripartite (CIT), que previu a instalação da central de regulação regional do SAMU em Feira. “Desde 2012 que mais de 10 ambulâncias foram entregues e ficaram paradas todo este tempo, se deteriorando, por total responsabilidade de Zé Ronaldo. É um crime contra a saúde pública”, disse o petista.

O parlamentar citou também dados divulgados pelo governador Rui, dando conta que a prefeitura de Feira cortou 2.800 cirurgias ortopédicas que eram realizadas pelo município – das 3.400 operações que eram feitas mensalmente, agora a prefeitura só realiza 500. “E quando a prefeitura não faz a parte dela, o problema sempre explode na porta dos hospitais estaduais”, completou Solla.

O deputado federal Jorge Solla lembra ainda que Rui Costa construiu uma maternidade de alta complexidade no Hospital Estadual da Criança, devido à falta de assistência às grávidas de Feira de Santana em condição de parto de risco. “Era atribuição do prefeito, mas ele não fez, Rui faz”, disse Solla. Em Feira de Santana, o governo do estado também construiu a nova emergência do Hospital Clériston Andrade e a policlínica regional de saúde.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]