Eleições 2018: Assumi o compromisso de valorizar a cultura baiana em todo o estado, diz José Ronaldo

José Ronaldo visita cidades do interior do estado.

José Ronaldo visita cidades do interior do estado.

Em resposta à Carta Aberta divulgada pela Academia de Letras da Bahia (ALB), na qual os acadêmicos pedem que os postulantes ao Palácio de Ondina firmem o compromisso público para a realização de medidas em favor de áreas, como Literatura, Patrimônio Cultural e Ambiental e Difusão Cultural, o candidato ao governo José Ronaldo (DEM) disse que seu programa de governo dedica um capítulo especial à cultura baiana que, segundo ele, foi vítima de preconceitos ideológicos e pouquíssimos recursos nos últimos anos.

O candidato do DEM diz que dará atenção devida às ações culturais, recuperando os patamares de investimentos anteriores aos 12 anos de governos do PT. “Vamos atender democraticamente a todas as linguagens artísticas e culturais”, diz o candidato.

Entre as propostas de seu programa, José Ronaldo diz que vai revigorar o Fundo de Cultura e o Fazcultura, financiando a produção de artistas e estimulando a formação de plateias para as diversas atividades culturais.

Na pauta do candidato está também a retomada da TVE para as atividades de educação e cultura, pois hoje ela estaria desvirtuada de suas funções.

“Criaremos um Centro de Cultura Popular que abrigue os programas de apoio ao artesanato, às filarmônicas, aos cordelistas, às famílias circenses e outras manifestações populares”.

José Ronaldo considera muito grave a situação dos museus públicos estaduais e propõe que a estrutura de gestão seja redefinida, retomando o foco na preservação. O candidato diz também estar perplexo com o estado a que chegou a Biblioteca Central dos Barris, completamente abandonada pelo atual governo. “É a primeira biblioteca pública do Brasil e da América Latina, com acervo de mais de 120 mil livros. O que o governo fez com ela nos últimos anos é um crime”, diz José Ronaldo, lembrando que a estrutura física da biblioteca está totalmente deteriorada e que os livros estão estragados. No local, a Sala Walter da Silveira, antes reduto de cinéfilos, também foi abandonada pelo PT.

José Ronaldo diz ainda que vai ampliar e modernizar o Museu do Estado da Bahia. No interior do estado, vai implantar o Museu Frans Krajcberg em Nova Viçosa, reunindo a obra do autor.” Vamos reformar e equipar todos os centros culturais estaduais do interior e construir centros de cultura nas cidades de porte médio”, garante, informando que as diversas ações de seu programa contemplam ainda a produção e promoção de livros de autores baianos, recriação do pólo de dramaturgia da TVE, reforma do Forte do Barbalho, apoio aos corpos estáveis do Teatro Castro Alves (TCA), recriação dos salões regionais de artes plásticas do interior, além de uma série de ações ligadas à economia criativa, bem como de esporte e lazer.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]