+ Manchetes >

Do vôlei de praia para o tênis, atleta baiano disputa o Brasileirão Seniors em Salvador

O baiano Paulo Emílio será uma das atrações do Campeonato Brasileiro de Seniors de tênis.

O baiano Paulo Emílio será uma das atrações do Campeonato Brasileiro de Seniors de tênis.

Um dos grandes nomes do vôlei de praia do Brasil na década de 90 e no início dos anos 2000, o baiano de Salvador, Paulo Emílio será uma das atrações do Campeonato Brasileiro de Seniors de tênis disputado nas quadras do Costa Verde Tennis Clube. O evento começa nesta segunda-feira (03/09/2018), e vai até o sábado, dia 8. O torneio conta com 196 atletas de 16 estados brasileiros e além de definir os Campeões Brasileiros em cada categoria vai contar pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Tênis.

Paulo Emílio foi eleito o melhor jogador de Vôlei de Praia do mundo na temporada 1992/1993. Formou dupla de sucesso com o também baiano Paulão. Eles foram Prata nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, na Rep. Dominicana, em 2003, e ainda terminaram em 3º ugar no Mundial de Vôlei de Praia em 1997 e no Circuito Mundial naquele mesmo ano. A dupla se tornou a primeira campeã do Circuito Nacional em 1991 e repetindo o feito em 1996. Também em 1991 a dupla foi campeã Sul-Americana. Paulo Emílio formou dupla também com Zé Marco onde foram campeões Sul-Americanos em 1994 e ainda teve grandes parceiros como o campeão Olímpico do vôlei de quadra, Carlão.

Aos 48 anos, Paulo Emílio descobriu o tênis há dez anos na academia Frugoni, no Bairro de Pituba na capital baiana, chegou a competir em alguns eventos locais do Seniors entre 2010 e 2012 e após cinco anos optou por focar no circuito nacional e mundial Seniors após um convite para jogar o torneio de Brasília (DF): “Depois que parei de jogar vôlei de praia não queria ficar parado e procurei um novo esporte, um novo desafio e o tênis por ser um esporte individual, que depende muito da parte emocional e mental. Gostei muito e me apaixonei pelo tênis. Fiquei desde 2012 mais no tênis social com amigos até que esse ano fui convidado para jogar em Brasília, gostei do nível, organização e a partir desse momento passei a me preparar para disputar eventos pelo Brasil e na América do Sul”, disse Paulo Emílio que espera usar a força de jogar em casa por uma boa campanha: “Jogar em casa será muito especial, estarei perto dos amigos, família dando força. O objetivo é me divertir, mas competindo, lutando”, apontou o agora tenista que estreia nesta terça-feira, dia 4, na parte da tarde contra o também baiano Luiz Júnior na categoria 45+.

“A relação do vôlei com o tênis é na parte competitiva. Consigo transferir toda essa experiência. Claro que tem uma limitação já que comecei tarde no tênis, mas é um esporte onde a parte emocional é super importante e consigo controlar essa parte emocional para atingir um nível de competição bastante razoável”, aponta o agora tenista que após o Brasileirão em Salvador vai disputar outras etapas no Rio de Janeiro e São Paulo e prevê entrar de cabeça em torneios pela América do Sul em 2019.

Por problemas no joelho, Paulo Emílio teve que abandonar o vôlei de praia em 2009 e não pratica mais o esporte, está com o foco voltado ao tênis, mas sente saudades do esporte que disputou como profissional: “Claro que sinto falta, uma saudade boa, principalmente dos amigos, aquele ambiente de competição. Vôlei de praia me deu várias conquistas importantes e sou muito grato pelo que conquistei e representei no vôlei de praia. Hoje em dia não consigo mais salta por conta do joelho e só jogo tênis”.

O Campeonato Brasileiro de Seniors começou nesta segunda-feira com as categorias 60+ no masculino e feminino até os 80+ masculino contabilizando 19 partidas a partir das 9 horas. Na terça-feira serão 45 jogos e 66 na quarta. O torneio tem 196 atletas dos 35 até mais de 80 anos de idade contabilizando sete jogadores no top 10 mundial no ranking. São 16 estados brasileiros representados: Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Distrito Federal, Goiás, Pará, Minas Gerais, Maranhão, Rio Grande do Sul, Ceará, Santa Catarina, Sergipe, Alagoas, Paraíba e Mato Grosso do Sul.

Além da disputa que vão das categorias 35 até 80 anos em simples e duplas masculino e feminino, o torneio terá outras atrações como um show de uma grande banda de axé da Bahia no dia 6 de setembro. Os atletas terão Sala Vip todos os dias com massagista, fisioterapeuta, uma sala de hidroterapia. No dia 5 serão arrecadados alimentos para instituição de caridade. Haverá também clínica para alunos do projeto social Casange

O Brasileirão Seniors em Salvador tem o patrocínio do Atacadão Atakarejo, Volvo, Incomaf Madeireira e Facit Fachadas, Artcasa Brasil – Importação e Exportação Ltda., Águas e do escritorio de advocacia Badaró Almeida e SETRE, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Água Mineral Loá e conta com o apoio dos Correios. O evento é uma realização do Costa Verde Tennis Clube, da Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Bahiana de Tênis.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]grandebahia.com.br