Vereadores discutem soluções para fim da greve dos professores da rede municipal de Salvador

Vereadores do Bloco de Oposição de Salvador participaram de encontro com representantes do Ministério Público e da APLB-Sindicato e professores.

Vereadores do Bloco de Oposição de Salvador participaram de encontro com representantes do Ministério Público e da APLB-Sindicato e professores.

A vereadora Marta Rodrigues (PT), líder da oposição na Câmara de Salvador, e o vereador Hilton Coelho (PSOL) participaram terça-feira (31/08/2018) de reunião na sede da Promotoria do Grupo de Atuação em Defesa da Educação do Ministério Público do Estado da Bahia, no bairro de Nazaré. O objetivo foi debater soluções para encerrar a greve dos professores municipais.

Além do promotor José Vicente, estiveram presentes os diretores da APLB-Sindicato Elza Melo, Marcos Marcelo, Flávia Ribeiro e Rose Aleluia, e representantes do comando de greve.

“A paralisação dura mais de 20 dias e o Executivo não quer atender ao pleito dos docentes, que pedem o reajuste salarial previsto por lei, melhores condições de trabalho e estrutura para os estudantes. Os professores não têm como trabalhar diante da situação precária em que se encontram as escolas”, disse Marta.

De acordo com a vereadora, a falta de investimento levou a uma condição em que os profissionais não têm como lecionar. “É preciso lembrar das crianças e adolescentes que necessitam da educação da rede municipal. O reajuste zero e as condições precárias impossibilitam a realização do semestre letivo. A greve é por uma educação de qualidade”, afirma.

Durante o período de greve, a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) e o vereador Silvio Humberto (PSB) também tem participado das assembleias e manifestações dos professores.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).