Vereador critica redução de linhas de ônibus e solicita informações sobre as obras do BRT de Feira de Santana

Roberto Tourinho: em bairros periféricos há pessoas que trabalham e precisam cumprir seus horários.

Roberto Tourinho: em bairros periféricos há pessoas que trabalham e precisam cumprir seus horários.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (01/08/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana Roberto Tourinho (PV) repercutiu valores que devem ser repassados pela Prefeitura aos professores da rede municipal e criticou a redução de linhas do transporte público coletivo em bairros da cidade.

“O PL que visa o pagamento dos 4,1% restantes aos professores será votado em regime de urgência. Penso que todo acordo deve ser cumprido. José Carneiro fez bem o esclarecimento sobre o pagamento da regência de classe. Não estou afirmando que não deve ser pago, apenas explicando que não deve estar no PL para não ser incorporado ao salário, já que se trata de uma gratificação. Lembrando que isso não impede que o acordo seja revisto e cobrado. Sugiro aos professores que protocolem o pedido de tribuna livre para a terça-feira, quando o PL será votado. Esta câmara sempre esteve aberta para que todos tenham direito à voz”, pontuou Tourinho.

Tratando sobre a retirada de linhas de alguns bairros da cidade, por parte das empresas concessionárias do transporte público coletivo, Tourinho pediu que o Município não aceite esta atitude e cobre esclarecimento sobre ela.

“O Poder Público precisa ser enérgico e fazer com que as empresas cumpram a lei. Os proprietários precisam se conscientizar de que a cidade tem lei que deve ser cumprida, prefeito e secretário. Eles chegam de fora, visando apenas o lucro e quando isso não acontece levam os ônibus e vão embora, como já aconteceu com outras empresas. Eles estão retirando linhas de bairros que entendem ser deficitárias. Já basta cobrarem uma das tarifas mais caras do Brasil”, relatou.

Para Tourinho, o Executivo deve agir, pois com a retirada das linhas a população fica prejudicada. “Em bairros periféricos há pessoas que trabalham e precisam cumprir seus horários. Não podemos aceitar que o bairro que tem quatro ou cinco linhas reduza porque a empresa acha que não tem número suficiente de passageiros. Me causa coceira, urticária empresários do transporte público coletivo, pois ao longo da minha vida tenho denunciado estes empresários”, revelou.

O vereador sugeriu que estas empresas paguem multa pelo ocorrido e sejam obrigados a prestar um bom serviço. “Não podem repudiar a população desta maneira. Vale lembrar que os carros novos já foram retirados da cidade e os que estão rodando são réplicas de carroças e o Poder Público está de olhos fechados”, disse.

Em aparte, o edil Alberto Nery (PT) lembrou que neste mês de agosto haverá audiência pública para tratar os problemas do transporte público coletivo e que irá avaliar com atenção o que diz o edital de licitação.

“A audiência será realizada para que os empresários prestem contas do que está acontecendo em nossa cidade. Já estou ciente da redução de linhas, pedi o edital e vou comprar o que tem nele com a atual realidade. Quando liguei para as empresas para saber o motivo da redução foi argumentado que os veículos retirados eram os reservas”, findou.

Roberto Tourinho pede informações sobre obras do BRT

Ao discursar na sessão ordinária desta quarta-feira (01), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) comunicou à população feirense que solicitou ao Governo Municipal, mediante Requerimento, informações sobre as obras do BRT na cidade. O edil questionou o prazo dado pelo Município para conclusão dos serviços.

“Participei de debates em instituições acadêmicas e fomos provocados para que tenhamos maiores informações sobre essa obra. Secretários do Governo informaram em entrevistas concedidas a programas de rádio que até o fim deste ano as obras seriam concluídas. Essas obras serão concluídas em quatro meses de que forma se existem transbordos do BRT que nem foram iniciados e outros que ainda nem foram finalizados?”, questionou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]