+ Manchetes >

Salvador: Estudantes participam de votação simulada em ação com o Tribunal Superior Eleitoral no ICEIA

Estudantes de escolas estaduais e municipais participam de votação simulada em urna eletrônica.

Estudantes de escolas estaduais e municipais participam de votação simulada em urna eletrônica.

Estudantes de oito escolas estaduais e municipais participaram, nesta terça-feira (31/07/2018), de uma votação simulada em urna eletrônica, no Centro Estadual de Educação Profissional, Formação e Eventos Isaías Alves (ICEIA), em Salvador. Alguns se candidataram a cargos como governador, deputado estadual e vereador, apresentaram suas plataformas de campanha e foram eleitos pelos colegas de escola. A atividade, que simula uma votação real e estimula o exercício da cidadania, é promovida pelo Programa Justiça Eleitoral Itinerante, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em parceria com a Escola Judiciária Eleitoral (EJE), por meio do projeto Políticos do Futuro, que na Bahia tem a parceria da Secretaria da Educação do Estado.

A iniciativa contou com as presenças de autoridades estaduais e federal, entre as quais o governador Rui Costa, o secretário da Educação, Walter Pinheiro, e o ministro presidente do Tribunal Superior Eleitora, Luiz Fux. Da rede estadual, participaram os alunos dos colégios Severino Vieira, Castro Alves, Ypiranga e Luiz Fernando Macedo Costa. Os eleitos, durante o evento, receberam como prêmio a experiência de acompanhar um dia de trabalhos dos reais representantes políticos. Antes da votação simulada, os candidatos de cada escola participaram de um debate sobre assuntos relacionados à cidadania e se apresentaram no palco para que os colegas os identificassem.

A estudante Ana Beatriz de Souza, 15, 9º, do Colégio Estadual Ypiranga, foi eleita para o cargo de governadora e fala da importância da participação dos jovens na política. “Somos o futuro do nosso país. Então, este projeto é uma experiência importante para que, desde cedo, a gente comece a discutir temas que nos dizem respeito como melhorias na Educação, que foi uma das minhas plataformas de campanha. Quem sabe, no futuro, não nos tornaremos políticos de verdade?”.

A professora Aurelieza Santos falou sobre a repercussão da atividade pedagógica na formação dos estudantes: “É um estímulo para que nossos alunos criem mecanismos de participação na política e que percebam que a política é uma responsabilidade de todos. E, para nós, a proposta é uma possibilidade de fazer com que a juventude pense que eles também podem construir política. Ou seja, são jovens pensando na política, na melhoria da Educação, da Cultura, da Saúde”.

Representando o Colégio Estadual Luiz Fernando Macedo Costa, Danile Peixoto, 13, 9º ano, eleita deputada estadual, fala da sua motivação para participar desta experiência. “Acho importante a nossa participação na vida pública do nosso Estado e país para aumentar a nossa consciência. Minha proposta está muito focada na área da Saúde e foi inspirada na minha avó, que é diabética. Penso que as indústrias farmacêuticas poderiam doar medicamentos para a população carente”, revela.

O governador Rui Costa destacou a iniciativa do TSE para a formação cidadã e para despertar o interesse dos jovens pela política. “Fui eleito governador mirim quando estudava no Colégio Estadual Luiz Tarquínio e o destino me colocou aqui como governador da Bahia. Portanto, considero muito importante este projeto que estimula a democracia, que é valorizar a opinião do povo. Ainda não inventaram nada mais importante do que a democracia. Por isto, todo apoio a este programa que promove a cidadania, o engajamento dessa juventude”.

O secretário da Educação Walter Pinheiro falou sobre a conscientização do jovem. “Trata-se de um debate educacional e democrático dos mais importantes. A escola forma cidadão e é fundamental que cada vez mais os estudantes possam interagir com o que acontece lá fora. Eles serão os nossos representantes do futuro e, principalmente, os eleitores que definirão o futuro deste país. Então, esta ação, iniciada com a Justiça Eleitoral, que solicitou à Educação para que eles pudessem promover este debate no interior da escola, já é o resultado de toda uma caminhada que foi travada nesse período com palestras e debates. Isto aqui é o coroamento de um exercício democrático importante estabelecido no interior das escolas”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]