Preconceito e desinteligência têm sido a marca indelével de segmento das elite brasileira | Por Sérgio Jones

Ministro Raul Jungmann dialoga com refugiados venezuelanos. Assunção antidemocrática e atuação isolacionista na política externa do Governo Temer agravou crise dos deslocados.

Ministro Raul Jungmann dialoga com refugiados venezuelanos. Assunção antidemocrática e atuação isolacionista na política externa do Governo Temer agravou crise dos deslocados.

Portadora de um currículo invejável associado ao fato de ser mulher e não pesar sobre ela qualquer traço ou suspeita de corrupção política, Manuela D´Avila é comunista. Foi campeã de votos, tanto para exercer o mandato parlamentar na Câmara dos Deputados quanto para a assembleia legislativa do Rio Grande do Sul. Por aliança do seu partido PCB com o PT, abriu mão da sua candidatura à presidência da República este ano para ser vice de Fernando Haddad nas eleições de outubro. Uma candidata desta envergadura não era para estar sofrendo qualquer tipo de manifestação de hostilidade em nenhum ambiente público ou privado, partido, associação, clube, ou mesmo grupo de pessoas que costumam se reunir informalmente por simples espírito fraterno de amizade. Não fosse o detalhe de ser comunista, com foi bem observado em artigo elaborado pelo procurador aposentado do Rio Grande do Sul. Jaques Távora.

Mas a jovem política e sua família têm sido sistematicamente alvo para os mais odientos atos de descriminação fascistas praticados por alguns membros das execráveis classes média e ricos que acham- se e agem como se dono do mundo fossem. A mais recente e odienta manifestação deste gênero foi quando ao lado da família viram-se impedidos de continuarem frequentando, nem gozando da condição de sócios do clube Veleiros do Sul, em Porto Alegre. Toda esta cretinice teve como resultado a pressão exercida por um grupo de outros sócios sobre o Comodoro da entidade. Personagem esse autor do convite para que a jovem comunista se tornasse membro do quadro de sócios do clube.

O que nos deixa pasmo é que nos dias atuais ainda nos deparamos com esse tipo de aberração praticada por pessoas abomináveis que acreditam estarem acima do bem e do mal. O que deixa claro e de forma cristalina é  que a tão propalada democracia burguesa não venceu o fascismo como nos querem fazer crer a história que tenta nos demonstrar através da derrota do eixo do mal: Alemanha, Japão e Itália. Até mesmo os Estados Unidos, considerado pelos reacionários de plantão como o berço da democracia ocidental, constantemente têm dados exaustivas demonstrações ao mundo do seu elevado grau de intolerância para com outras etnias que não sejam de origem caucasiana.

Como muito bem e melhor definiu todo este imbróglio denominado de ideologia foi o insuperável filósofo, sociólogo, jornalista e revolucionário socialista Karl Marx ao afirmar que: “ ideias são valores que os homens criam segundo as suas condições materiais de existência. E esses valores são criados com um fim bem específico, que não é o de explicar a realidade, mas manter o status da propriedade privada e dos donos dos meios de produção. Daí deriva a noção de ideologia”. Talvez isto explique, embora não justifique, o comportamento nefasto dos que se consideram superiores em relação aos demais meros mortais.

*Sérgio Jones, jornalista ([email protected]).

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]