Juízes Régio Xavier e Regiane Xavier são homenageados em sessão solene na Câmara Municipal de Feira de Santana

Régio Xavier; Cíntia Machado, Regiane Xavier; magistrados são homenageados com Título de Cidadania Feirense.

Régio Xavier; Cíntia Machado, Regiane Xavier; magistrados são homenageados com Título de Cidadania Feirense.

Juiz Régio Xavier discursa durante solenidade de outorga do Título de Cidadania Feirense.

Juiz Régio Xavier discursa durante solenidade de outorga do Título de Cidadania Feirense.

Juíza Regiane Xavier discursa durante solenidade de outorga do Título de Cidadania Feirense.

Juíza Regiane Xavier discursa durante solenidade de outorga do Título de Cidadania Feirense.

Eles são advogados, juízes, naturais da cidade de Ponta Grossa (PR) e Campo Grande (MT), marido e mulher. Na noite desta quarta-feira (22/08/2018) eles receberam, juntos, como não poderia deixar de ser, o Título de Cidadania Feirense. A homenagem a Regiane Yukie Tiba Xavier e a Régio Bezerra Tiba Xavier foi uma iniciativa da vereadora Cíntia Daltro Machado, com a co-autoria do vereador José Carneiro Rocha, presidente do Legislativo de Feira de Santana.

Quebrando o protocolo, a vereadora Cíntia Machado citou Gabriela Brilhante Cavalcante Matos, intermediária para que o título fosse concedido ao juiz Régio Xavier. “Ela me fez acreditar que ele era merecedor da homenagem”, disse, ao apresentar um histórico da vida profissional do magistrado, nascido em Campo Grande, Mato Grosso, que hoje vive em Feira de Santana e optou por não deixar a cidade, mesmo diante da possibilidade de mudar de comarca.

Sobre a juíza Regiane Xavier, a vereadora disse que a mesma adotou a cidade para sua morada definitiva, ao lado do marido e do ilho, João Gabriel. Cíntia destacou a sua atuação como juíza e o comprometimento com a sua função. Lembrando o filósofo Sócrates, ela parabenizou os homenageados afirmando que “três coisas devem ser feitas por um juiz: ouvir atentamente, considerar sobriamente e decidir imparcialmente”.

Além de agradecer a homenagem, Régio Xavier aproveitou a oportunidade para falar da situação da comarca, que proporcionalmente a Salvador deveria possuir 48 juízes e dispõe de apenas 25. “O que torna a judicatura extremamente penosa”, destacou, reconhecendo o “esforço incomensurável dos servidores e estagiários, bem como a paciência dos advogados e demais operadores do direito”, frisou,

A nova cidadã feirense Regiane Xavier, que vive em Feira de Santana há pouco mais de quatro anos, atribuiu o recebimento da homenagem à parceria firmada com os servidores e estagiários da 6ª Vara Cível. “Esse título não é apenas um afago ao ego”, disse, ao agradeceu ainda aos advogados “que trilham conosco este árduo caminho na busca da justiça” e à família, que mesmo de longe incentiva e apoia seu trabalho.

“Se através do nosso trabalho for possível recuperar em uma só pessoa a esperança na justiça, a crença no próximo e restabelecer o riso e o direito de sonhar, já terá valido a pena”, afirmou a magistrada, durante um discurso pontuado pela emoção. Regiane declarou-se verdadeiramente otimista para com o futuro, ao lembrar citação de Voltaire nas palavras de Immanuel Kant para sintetizar seu discurso. “Para equilibrar as numerosas desgraças da vida, os céus nos concederam três coisas: a esperança, o sono e o riso”.

Honrado e envaidecido. Foi assim que o juiz Régio Xavier recebeu o Título de Cidadão Feirense. Ele contou que antes de vir para a Bahia, onde foi acolhido “como nunca antes”, ele pensou que não ficaria muito tempo no estado. Mas desde que foi removido para a comarca de Feira de Santana, sentiu que a Princesa do Sertão era “a cidade eleita” para a morada definitiva. “Morar em Feira é fácil, mas trabalhar é difícil”, admitiu o magistrado.

A sessão solene foi presidida pela vereadora Gerusa Sampaio, que compôs a Mesa de Honra ao lado de Cleudson Santos Almeida, procurador do Município, representando o prefeito Colbert Martins da Silva Filho; Marcus Carvalhal, presidente da subseção da OAB Feira de Santana; e os homenageados. No plenário e na galeria da Casa da Cidadania magistrados e advogados prestigiaram os novos cidadãos feirenses.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]