Governo da Bahia viabiliza investimentos de R$ 45 milhões em saúde; Hospital Universitário de Paulo Afonso contará com 30 leitos de UTI

Ilustração da fachada do Hospital Nair Alves (Hospital Universitário de Paulo Afonso).

Ilustração da fachada do Hospital Nair Alves (Hospital Universitário de Paulo Afonso).

Um acordo assinado na noite de ontem (14/08/2018), em Brasília, entre o Governo da Bahia, a prefeitura de Paulo Afonso e três entidades do governo federal viabilizou o investimento de R$ 45 milhões na reforma e ampliação do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS), que ganhará 30 leitos de Terapia Intensiva (UTI), novo centro cirúrgico, emergência, dentre outras intervenções.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, que participou da negociação ao lado do reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Jiulianeli Tolentino, a unidade que é referência para 800 mil habitantes e abrange áreas dos estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco encontra-se em processo de federalização e transformação em hospital universitário. Atualmente ainda é mantido pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), mas desde 2015 foi transferida a titularidade para a  Univasf a fim de que a progressivamente a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), assuma a gestão.

O entendimento com a Univasf, a Ebserh e a Chesf foi intermediado pelo Governo do Estado, a fim de que o cronograma completo seja finalizado em três anos e por fases. No primeiro ano a Chesf continuará como responsável pela manutenção e recursos humanos; no ano seguinte, parte dos recursos humanos serão da Ebserh, enquanto a Chesf mantém o pagamento da manutenção e do restante dos funcionários; já no terceiro ano, a Ebserh será responsável por todo quadro funcional, reduzindo as obrigações da Chesf em relação à manutenção.

Na avaliação de Vilas-Boas, a expansão dos cursos de medicina em universidades federais na Bahia gerou a necessidade de adequação e ampliação de hospitais para absorver essa demanda. “O Estado está profundamente comprometido com a descentralização da assistência ao construir e ampliar unidades na capital e no interior, além de firmar contratos com entes públicos, filantrópicos ou privados para a expansão dos serviços”, afirma o secretário.

O projeto da reforma, contratado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), já foi concluído e entregue à Univasf que deverá proceder à licitação e contratação da obra até dezembro.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]