Feira de Santana: “pedir votos em instituições religiosas é crime”, alerta vereador

Roberto Tourinho: o púlpito religioso não deve ser usado para promover candidatos.

Roberto Tourinho: o púlpito religioso não deve ser usado para promover candidatos.

O vereador Roberto Tourinho (PV), no uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta terça-feira (28/08/2018), parabenizou o Ministério Público pela decisão que torna crime eleitoral o ato de pedir votos em instituições religiosas.

“Decisão acertadíssima da Justiça. O Ministério Público vai estar atento a essa prática. O argumento é bastante simples: não é que a igreja não possa participar da vida política, mas o púlpito religioso não deve ser usado para promover candidatos”, destacou, cumprimentando os estudantes do curso de Direito e demais presentes nas galerias da Casa.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]