Eleições 2018: PRB oficializa apoio à Geraldo Alckmin para presidente da República

Convenção do PRB referenda apoio à candidatura de Geraldo Alckmin à presidência da República.

Convenção do PRB referenda apoio à candidatura de Geraldo Alckmin à presidência da República.

A convenção nacional do Partido Republicano Brasileiro (PRB) confirmou nesta segunda-feira (01/08/2018) o apoio ao pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin. Atualmente, a bancada do partido no Congresso Nacional tem 21 deputados federais e dois senadores.

O presidente licenciado do partido, ex-ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, disse que o apoio à candidatura de Alckmin representa a capacidade de dialogar com opostos. Nas eleições de 2014, o partido apoiou a reeleição da ex-presidente Dilma Rousseff, pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Pereira, no entanto, fez questão de afirmar que pretende “participar das decisões do governo e ajudar a governar o Brasil com críticas construtivas” e que apoiará a gestão de Alckmin caso tenha uma participação efetiva e coerente dentro de um eventual governo do tucano.

Presente na convenção, Geraldo Alckmin ressaltou que seu plano de governo terá foco na retomada do emprego e da renda. “Temos 62% da população tendo que fazer bicos porque o salário não chega no fim do mês”, disse. “Temos pressa. Como pode o mundo crescer quase 4%, isso em média. E nós estamos lutando para chegar em 1,5%. Isso mostra que o populismo leva ao desemprego, desarranjo das contas públicas e quem perde é o povo. Extremismo não é caminho, é descaminho”, completou.

Alckmin disse que trabalhará na simplificação tributária no país e terá uma agenda de competitividade.

Ao final da convenção nacional do PRB, Alckmin disse que vai anunciar o nome do vice da sua chapa no próximo sábado (4). O presidenciável afirmou ainda que o escolhido “não necessariamente” será indicado pelos cinco partidos que compõem o Centro Democrático, chamado de Centrão (DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade). O tucano também disse que o seu vice não deve ser de São Paulo.

Candidatura retirada

No mês passado, o PRB retirou a candidatura do empresário Flávio Rocha. Na ocasião, Marcos Pereira afirmou por meio de nota que o partido se uniria em torno de uma candidatura de centro. “Há um entendimento claro de que o país não pode flertar com os extremos e, por isso, mais do que nunca durante todo o processo, é fundamental que as forças de centro se unam num único projeto”.

*Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).