Eleições 2018: Fake news contra Jaques Wagner é desespero de quem sente a derrota chegando, diz Everaldo Anunciação, presidente Estadual do PT da Bahia

Jaques Wagner é vitima de notícia falsa (fake news), produzida por conservadores e reacionários.

Jaques Wagner é vitima de notícia falsa (fake news), produzida por conservadores e reacionários.

Punido pelo Facebook por difundir notícias falsas, o MBL se juntou a apoiadores de Bolsonaro para, numa ação coordenada, espalhar um “fake news” contra o ex-governador Jaques Wagner (PT), candidato ao Senado pelo PT da Bahia.

Internautas identificaram que a operação criminosa teve início na noite do último domingo (12/08/2018), provavelmente para se contrapor ao “Trompetaço” ocorrido no dia anterior, no Shopping Barra, em Salvador, devido ao sucesso do evento e sua grande repercussão nas redes sociais.

No vídeo divulgado, em nenhum momento aparece a imagem de Wagner, que não estava no local. Nas imagens, cerca de três pessoas vaiam e gritam frases como “na cadeia, na cadeia”.

Para o presidente do PT da Bahia, Everaldo Anunciação, a ação do MBL é um ato vinculado aos adversários da campanha eleitoral. “Está claro a vinculação partidária deles com o DEM. O Brasil inteiro sabe disso. Para nós, é desespero de quem percebe a derrotas que virá nas urnas” avaliou o petista.

O que disse Jaques Wagner

“Alguns mal-intencionados aproveitam a internet para espalhar mentira e ódio. Agem inspirados pela lógica fascista de repetir uma mentira mil vezes e se notabilizaram como fábricas de fake news. O MBL é o maior exemplo disso, tanto que acabaram de ter centenas de páginas e perfis tirados do ar por compartilharem conteúdos falsos. Vou acionar a Justiça com pedido de Direito de Resposta e demais medidas cabíveis”, afirmou Jaques Wagner, candidato ao Senado.

O caminho da fake news do MBL

Tanto a página oficial MBL no Facebook (https://www.facebook.com/mblivre/videos/2119178808334655/), quanto as páginas de suas principais lideranças compartilharam a notícia falsa, inclusive com o mesmo texto. O vereador Fernando Holyday postou o vídeo, afirmando que Wagner estava no evento (https://www.facebook.com/fernandoholiday.mbl/videos/2119197858332750/).

Outro líder do movimento, Kim Kataguiri, também divulgou o o fake news em sua página no Facebook  (https://www.facebook.com/kataguiri.kim/videos/2119230341662835/), repetindo o mesmo texto, o que reforça as suspeitas de uma ação orquestrada.

Outros expoentes da extrema direita também espalharam a notícia falsa ( https://www.facebook.com/alexandrefrota/posts/2178898455656998 ), a exemplo do ator Alexandre Frota, ligado ao candidato Jair Bolsonaro, recém filiado ao Patriota e candidato a deputado federal.

O site de extrema direita, “O Antagonista”, do colunista Diogo Mainardi, foi outro veículo utilizado para difundir a notícia falsa, compartilhando uma postagem da “RevistaBzz” e afirmando a presença de Wagner na falsa manifestação contra Lula.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]